| Futebol

Paulo César Carpegiani lamenta derrota: "Não vamos abaixar a cabeça"

Técnico falou em entrevista coletiva após a partida contra o Botafogo

flameng - Paulo César Carpegiani lamenta derrota: "Não vamos abaixar a cabeça"

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Na noite desta quarta-feira (28), o Flamengo perdeu para o Botafogo por 1 a 0 no Maracanã e encerrou a participação no Campeonato Carioca 2018. Após a partida, o técnico Paulo César Carpegiani concedeu entrevista coletiva e falou sobre o resultado negativo na semifinal da competição.

"Não é falta de planejamento. O Flamengo tem demonstrado que faz as coisas dentro de uma condição perfeitamente ajustável e adequada na maneira de conduzir o clube. Não é pelo fato de termos sido eliminados que você pode julgar o clube e a direção. Mesmo com todo investimento, às vezes essas coisas acontecem. Foi a primeira derrota do time titular, apesar de ter sido uma um pouco diferente, achei que era necessário ter um comportamento mais ajustado no meio, mas as coisas não aconteceram como gostaríamos. Não joguei com o regulamento de baixo do braço. Nos mostramos uma equipe apressada, que não conseguiu encaixar o que precisava. Faltou a jogada individual que poderia definir. Eles conseguiram fazer o gol e nós não tivemos a competência de fazer", disse.

"A princípio a ideia era ter uma equipe mais compacta e correta para a partida. O time que vinha atuando estava impondo seu ritmo e dominando, com exceção dos jogos que poupamos pensando na Libertadores. Foi a primeira derrota que tivemos jogando completos. Era importante fazer essa mudança em um jogo decisivo? Quis ter uma jogada mais aguda. O Vinicius vinha entrando muito bem, queria o que ele podia oferecer. Se tratando de um jogo decisivo como esse contra um adversário que já havíamos vencido duas vezes, acabamos perdendo justamente esse eliminatório. Sou responsável pelo que aconteceu no campo. Essa equipe vinha produzindo, ganhou duelos importantes. Ficamos nervosos, principalmente no primeiro tempo. Tomamos o gol e, mesmo tendo a bola na etapa final, não tivemos uma grande jogada para definir. Não vamos abaixar a cabeça", afirmou Carpegiani.

"Justificar uma derrota como essa é dolorido, não esperávamos.O torcedor não vai compreender e nem deveria. Não estava em nosso calendário ficar esse tempo parados quando poderíamos estar decidindo o campeonato. A competição serve para quando você não ganha, pois aí vem a cobrança. Quando você vence, não fez mais do que a obrigação. Precisamos sair rapidamente disso, ainda devemos melhorar muito", concluiu.

O próximo jogo do Flamengo será no dia 14 de abril, na estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Vitória fora de casa.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/27029/paulo-cesar-carpegiani-lamenta-derrota-nao-vamos-abaixar-a-cabeca