| Futebol

Peça-chave no Flamengo, Canteros diz levar organização ao meio-campo

Volante passou a ser titular com o técnico Vanderlei Luxemburgo, tem acertado bons passes e afirma estar atento para seguir progredindo

Canteros chegou ao Flamengo no final de junho, mas só foi ser utilizado como titular nas mãos do técnico Vanderlei Luxemburgo. Após sete derrotas seguidas, o Rubro-Negro finalmente se distancia da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, acumulando três triunfos nas últimas rodadas, e tem no argentino um dos seus trunfos a favor da mudança. Em entrevista ao "Tá na Área", o volante se disse orgulhoso em defender o clube carioca e afirmou estar comprometido em levar organização ao meio-campo da equipe.

- Eu tento controlar meu jogo, estar sempre à disposição do técnico e estar observando tudo e organizar, tentando ajudar os outros jogadores e me comportar observando o campo e a equipe. Sempre olhando pontos chaves e seguir progredindo – disse.

Revelado no Vélez Sarsfield, Canteros se encaixou no esquema tático de Luxemburgo com quatro volantes em campo, como o adotado na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, no Couto Pereira. Se o treinador optar por colocar cinco homens no meio de campo, o argentino pode atuar centralizado, fazendo a ligação com o ataque.

Canteros Chapecoense x Flamengo (Foto: Getty Images)Canteros no duelo do Flamengo contra a Chapecoense (Foto: Getty Images)

Os números do jogo contra o Atlético-MG mostram que a bola sempre passa pelos pés de Canteros. O jogador foi o segundo que mais tocou na bola, dando 34 passes certos e apenas 3 errados. Foi de uma jogada sua que surgiu o gol da vitória por 2 a 1, marcado por Eduardo da Silva, no Maracanã.

Canteros vem de um bairro pobre da capital Buenos Aires. Tornar-se jogador de futebol era um dos seus sonhos quando garoto. O Flamengo já era conhecido nesta época pelo futuro volante, segundo revelou.

- Venho de um lugar carente, mas acho que, graças ao futebol, pude sair adiante e ajudar minha família. O mais importante é crescer e mostrar que sempre, com sacrifício, você sair de situações difíceis. É um clube grande, sempre ouvi falar de Zico, Júnior e Ronaldinho, Sempre me identifiquei muito. Estar aqui me deixa orgulhoso.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.