| Futebol

Persistente e caçado, Sheik volta a jogar 90 minutos após sete meses

No time titular, atacante é o maior finalizador (5) e o jogador com mais faltas recebidas (4) no empate por 2 a 2 do Flamengo contra o Corinthians no Maracanã

flameng - Persistente e caçado, Sheik volta a jogar 90 minutos após sete meses

A volta de Emerson Sheik ao time titular foi uma das novidades do Flamengo para o duelo contra o Corinthians no retorno ao Maracanã no último domingo. O atacante ainda permaneceu até o fim do empate por 2 a 2 sem ser substituído e voltou a atuar por 90 minutos após mais de sete meses - a última vez havia sido no dia 20 de março, contra o Fluminense pelo Campeonato Carioca. Com fôlego e disposição, Sheik foi o jogador com o maior número de finalizações (5 ao todo) e o mais caçado (4 faltas recebidas) do jogo. Confira abaixo o vídeo com os principais lances do camisa 11 rubro-negro.









Emerson mostrou disposição para ajudar na marcação no primeiro tempo e apareceu com destaque na parte ofensiva no segundo. Perto do fim do jogo, aos 38, arrancou pela direita e tentou cruzamento para Guerrero - o goleiro Walter fez boa interceptação. Aos 45, ainda conseguiu boa finta de corpo e finalizou para fora com perigo. Aí veio o sinal físico: o surgimento de câimbra. O esforço não trouxe o resultado necessário para o Flamengo, que vê o líder Palmeiras abrir seis pontos de vantagem, mas pode ter agradado o técnico Zé Ricardo.

+ Atuações do Flamengo: Sheik participa bem e recebe nota 6,5

Os números de Emerson Sheik no empate contra o Corinthians:

5 finalizações (2 para fora, 1 defendida e 2 bloqueadas)
1 falta cometida
4 faltas recebidas
1 cartão amarelo
1 impedimento
1 passe errado (em 35 realizados)
4 bolas levantadas
1 desarme

Pontuação no Cartola FC: 1,10

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/10/persistente-e-cacado-sheik-volta-jogar-90-minutos-apos-sete-meses.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.