| Futebol

Perto de iniciar Copa do Brasil, Luxa avisa: Brasileirão é prioridade

Treinador deixa claro que evitar o rebaixamento para Série B é o mais importante para o Flamengo na temporada. Sorteio das oitavas acontece na segunda-feira

Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)

Faltando dois dias para conhecer o rival nas oitavas de final da Copa do Brasil, Vanderlei Luxemburgo já deixou claro: a briga pelo tetracampeonato está longe de ser o mais importante para o Flamengo. Com a corda no pescoço no Brasileirão, o treinador não usou meias palavras ou discurso evasivo e deixou claro que na Gávea a prioridade está muito bem definida, e é escapar do rebaixamento para a Série B.

Penúltimo colocado no Brasileirão, o Flamengo pode até iniciar a competição em mata-mata em condição mais tranquila, caso vença Coritiba, Atlético-MG e Criciúma antes da estreia - provavelmente dia 27. Luxemburgo não adiantou se poupará jogadores ou se vai com força máxima nesta situação. O recado, no entanto, parece óbvio: em caso de dúvida, foco no Brasileirão.

- Na opção de privilegiar uma competição, será o Brasileiro. Prefiro que o Flamengo se mantenha na Primeira Divisão. É uma realidade que o torcedor tem que entender, é o momento do clube. Nunca vou pedir para o jogador não ganhar, mas é importante se manter na Primeira Divisão. É só fazer uma pesquisa sobre o que o torcedor quer. Essa vai ser a nossa conquista: se manter na Série A.

Na opção de privilegiar uma competição, será o Brasileiro. Prefiro que o Flamengo se mantenha na Primeira Divisão. É uma realidade que o torcedor tem que entender, é o momento do clube. Nunca vou pedir para o jogador não ganhar, mas é importante se manter na Primeira Divisão
Vanderlei Luxemburgo

No ano passado, o Flamengo passou pelo mesmo dilema, mas conseguiu fôlego no Brasileirão a tempo de se dedicar a Copa do Brasil, onde acabou campeão. Em 2014, o rendimento da equipe parece ser menos confiável e os resultados no início do Brasileirão já representam uma pressão bem maior. Para evitar que o desespero bata precocemente, Luxa revela que tem tratado também da parte psicológica de seus jogadores e tenta passar tranquilidade e paciência:

- Temos que tirar o peso e falar para o jogador o seguinte: "Isso vai continuar até quando?". Uma hora vai ganhar. Tem que jogar, relaxar e ganhar. Uma hora vai acontecer, vai fazer o gol... Com papo não deixamos isso massificar. Eles têm que entrar em campo e jogar. Têm que entrar em campo com a responsabilidade de um campeonato, mas com a leveza de um dois toques.

Com 13 pontos, o Flamengo é o 19º colocado no Brasileirão e encara o Coritiba, domingo, ás 16h (de Brasília), no Couto Pereira, pela 15ª rodada. Caso vença e dois dos rivais tropecem, o Rubro-Negro amanhecerá a segunda-feira fora da zona de rebaixamento; já uma derrota leva o time de volta para lanterna.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.