| Futebol

PÉS NO CHÃO.

Muita calma nessa hora!!!!

Meus amigos. Foi uma semana de muito disse me disse. Falou-se muito em Federação, Eurico, arbitragem, eliminação, “possível” ida do Luxa para o São Paulo, matéria no New York Times que nos encheu de orgulho, mas, o que me preocupa mesmo é o rendimento da nossa equipe.

 
Penso que a eliminação no Carioca não é motivo para caça às bruxas e muito menos para desanimarmos.
 
Serve sim, para reavaliarmos o nosso elenco e para entendermos que hoje, eu disse hoje, o nosso elenco é de razoável para bom, e, temos time para brigar pela parte intermediária da tabela.
 
Se analisarmos friamente, o time não fez nenhuma grande atuação em 2015, aquela de encher os olhos.
 
Por se tratar de Flamengo, temos que pensar grande sempre. Para isso, no meu entendimento, além da chegada do Armero e do Almir, necessitamos de um camisa 10 e de um artilheiro.
 
O grande problema, é que o mercado anda minguado, e, os poucos negociáveis são caros.
 
Outra preocupação além do rendimento da equipe num todo, é a queda individual de alguns jogadores.
 
Everton, Canteros, Gabriel, Cáceres, Eduardo da Silva, Luiz Antônio e até o Wallace estão muito abaixo do que apresentaram em 2014. Mesmo alguns deles tendo passado por contusão. Além desses jogadores, o Cirino, que vinha sendo o nosso principal jogador, jogou muito mal as quatro últimas partidas do Carioca, o que também é preocupante.
 
É de suma importância frisar, que as contusões atrapalharam e muito os planos do Luxa. Samir, Paulinho e Nixon por exemplo ficaram de fora de grande parte dos jogos esse ano.
 
Importante analisarmos também, que Paulo Victor e Anderson Pico, talvez, foram os jogadores mais regulares dos últimos jogos. Preocupante ou não?
 
Na minha humilde opinião, independente do erro grosseiro da arbitragem, não jogamos nada nos dois jogos da semi final do Carioca e não merecíamos melhor sorte.
 
Penso também, que ainda faltam duas semanas para nossa estreia no Brasileiro contra o São Paulo no Morumbi dia 10 de maio. Dá para fazer uma planejamento mínimo, tipo uma inter temporada e até mesmo fazer contratações.
 
Alguns nomes foram ventilados, mas, por enquanto não passam de meras especulações, prefiro aguardar o desfecho das mesmas para comentar com mais embasamento.
 
No mais, nos resta torcer e apoiar técnico e elenco. É o que temos no momento.
 
Tempo de pés no chão, de manter a calma e apoio incondicional, afinal de contas, a torcida é o maior patrimônio do Flamengo e o nosso 12º jogador.
 
Tempo também, de recuperar os jogadores contundidos.
 
O Campeonato Brasileiro é sempre muito disputado, não existem mais times bobos e, os times na grande maioria estão nivelados.
 
Espero, sinceramente, perder de vista a calculadora e que o saco de cimento possa ser levado em um caminhão e não nas costas.
 
O mínimo que se espera é um time combativo e que se entrega. Como foi nos segundo semestre de 2014.
 
Para finalizar, e entendendo que isso é o que fará o Flamengo ser maior do que já é, seja Sócio Torcedor!!!
 
Uma boa semana a todos e SRN!!!
 
.

    


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.