| Futebol

Pontos para o Fla rever no turno final: vencer rivais, times do G-4 e virar jogos

Na primeira parte do Campeonato Brasileiro, Flamengo também fez poucos gols <br>e não conseguiu emplacar mais de duas vitórias consecutivas na competição

flameng - Pontos para o Fla rever no turno final: vencer rivais, times do G-4 e virar jogos

Independentemente do que acontecer nesta segunda-feira, quando o Atlético-MG e Corinthians enfrentarão Chapecoense e Cruzeiro respectivamente, o Flamengo seguirá no G-4 - O Grêmio, outro dos adversários que poderia ultrapassá-lo, teve sua partida com o Botafogo adiada para setembro. Os rubro-negros viram o turno em boa condição, mas, se pensam em de fato disputar o caneco, têm que equacionar pelos menos cinco falhas apresentadas na primeira parte do Campeonato Brasileiro: vencer adversários diretos por vagas na Libertadores, virar jogos com maior frequência, bater seus rivais estaduais, engatar grande sequência de triunfos e sobretudo marcar mais gols.

Num campeonato equilibradíssimo, saldo de gols pode ser um diferencial, e o Flamengo peca nesse quesito. O rendimento defensivo é satisfatório, e o time é o quinto menos vazado do Brasileiro - 19 gols. Em contrapartida, os números ofensivos são muito ruins. Marcou apenas 23 vezes, o mesmo que marcaram, por exemplo, Botafogo e Cruzeiro, ambos na zona de rebaixamento.

É importante destacar que o Rubro-Negro consegue chegar à defesa adversária. De acordo com o scout da TV Globo, é o time que mais criou chances reais na competição: 106. Em finalizações também está bem ranqueado, é o quinto nesta categoria, com 244.

Outra falha grave do Flamengo neste Brasileirão 2016 é a enorme de dificuldade de lidar com o fato de o adversário abrir o placar. Virou apenas um jogo, contra a Ponte Preta (2 a 1), na quarta rodada da competição. O duelo marcou a estreia de Zé Ricardo.

Nos outros sete jogos em que saiu perdendo, o Flamengo não reagiu. Foi assim contra Grêmio (0 a 1), Chapecoense (2 a 2). Figueirense (0 a 1), Palmeiras (1 a 2), São Paulo (2 a 2), Fluminense (1 a 2) e Corinthians (0 a 4). Na maioria dos jogos em questão era superior ao adversário, exceto na derrotas para Verdão, bem superior em Brasília, e o Tricolor Gaúcho, com quem fez um duelo bastante parelho.

No primeiro turno, o Flamengo conseguiu vitórias contra os grandes Cruzeiro, Internacional e Atlético-MG, mas todos passavam por dificuldades no momento dos respectivos confrontos. Diante dos atuais ocupantes do G-5 (excluindo o próprio Fla), o Rubro-Negro só fez um ponto de 12 possíveis. Perdeu para o Palmeiras por 2 a 1, foi goleado por 4 a 0 pelo Corinthians e caiu diante do Grêmio. Só conseguiu pontuar diante de um Santos desfalcado de cinco peças-chave e num campo neutro, onde a maioria dos torcedores era rubro-negra.

Num campeonato de regularidade como o Brasileiro por pontos corridos, enfileirar vitórias é condição quase que inseparável do futuro campeão. O Flamengo deu pinta de que deslancharia por duas vezes na atual edição. Bateu a Ponte Preta como visitante, algo que não conseguia desde 1999, e depois superou o Vitória, em Volta Redonda. Na hora de engatar a terceira, sofreu revés diante do Palmeiras, em Brasília. Mais recentemente, no fim do turno, passou por América-MG, em Cariacica, e Coritiba, no Paraná, mas empacou no confronto com o Santos.

No Brasileirão 2016, o Flamengo não teve nem terá o Vasco pela frente, e o Cruz-Maltino parece a principal pedra no sapato rubro-negro atualmente. Nos últimos nove jogos, perdeu seis e empatou três - o último triunfo aconteceu no Carioca de 2015. Mas a dificuldade não ocorre só com seu maior rival. Não bate o Botafogo desde 2014, e na atual temporada disputou oito clássicos estaduais e só venceu uma vez: o Fluminense. Foram duas derrotas para os vascaínos, uma diante dos tricolores e quatro empates.

No primeiro turno, jogou melhor que o Flu, mas perdeu a partida numa entregada de Rafael Vaz, e empatou com o Botafogo após estar vencendo por 3 a 1, esta uma entregada coletiva.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/08/pontos-para-o-fla-rever-no-turno-final-vencer-rivais-times-do-g-4-e-virar-jogos.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.