| Futebol

Por um Guerrero ‘brocador’ em 2017

flameng - Por um Guerrero ‘brocador’ em 2017

Qual seria o seu pedido para 2017? Bom, eu como rubro-negro fanático, quero ver o Flamengo voando na próxima temporada, com mais vitórias, e consequentemente mais gols.

Com o espírito natalino presente, vou bancar o bom menino, e dessa vez, eu deixarei de lado o tradicional cunho crítico, e ranzinza, desta coluna para trazer bons fluídos ao homem que teoricamente carrega a responsabilidade de balançar as redes no Flamengo.

É inegável como Paolo Guerrero se esforçou, teve a sua temporada mais artilheira desde que chegou ao Brasil, mesmo sendo pouco para o absurdo salário que recebe do Flamengo, mas, nesse caso, a culpa não é sua, e sim de quem paga.

A qualidade do Guerrero é clara, e ficou evidente durante a última temporada, mas infelizmente centroavante não sobrevive apenas de pivôs, matadas no peito, toques para o lado, e dribles curtos, nosso camisa 9 precisa aumentar ainda mais a quantidade de gols.

Não precisa ter classe refinada, nem ter plástica rebuscada, pode ser de bico, aos trancos e barrancos, de canela, de qualquer jeito, afinal de contas: ‘não existe gol feio, feio é não fazer gols’ como diria o poeta, e notável artilheiro, Dadá Maravilha.

A pré-temporada pode servir para aprimorar, e aperfeiçoar o faro de gols do peruano, com trabalhos intensivos de finalização, assim como posicionamento dentro da grande área. Veja bem, não estou querendo ensinar padre a rezar missa, mas é que a missa tá dando sono.

Se Guerrero tivesse um terço do cheiro de gol que tem o nosso saudoso Hernane, o Brocador, o craque do Peru seria um dos maiores centroavantes do futebol mundial, aliando a sua técnica ao verdadeiro espírito de um centroavante, juntaria a fome com a vontade de comer.

Enfim, voltando para o mundo real, e trabalhando com o que temos em mãos, não tem como abrir mão do Guerrero no momento, além do alto investimento que foi feito para contar com o seus serviços, ainda acredito, por incrível o que pareça, que ele pode ser decisivo.

Certamente terá um papel importante na campanha da Libertadores 2017,  Paolo é um atacante internacionalmente conhecido, e na América do Sul é mitificado em muitos países, ele terá o seu peso, impondo respeito aos adversários.

O clima tem que ser esse, por mais que não concordemos com uma coisa ali ou outra aqui, nesse time do Flamengo, nós como torcedores temos que acreditar. E nesse momento o apoio é imprescindível para que o clima no Ninho do Urubu seja o melhor possível.

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/12/por-um-guerrero-brocador-em-2017/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.