Pratto desencanta na Libertadores e River toma a liderança do Flamengo

Pratto desencanta na Libertadores e River toma a liderança do Flamengo

O River Plate não teve vida fácil, mas conseguiu cumprir com o dever de casa na noite dessa quinta-feira e bateu o Emelec por 2 a 1 no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, graças a gol e assistência de Lucas Pratto, pela quarta rodada do grupo 4 da Copa Libertadores da América.

O resultado foi péssimo para o Flamengo, que vem de dois empates na competição e agora não é mais o líder de sua chance. Com os três pontos conquistados, o River chega a oito e toma a ponta. O Rubro-Negro Carioca tem seis pontos, dois a mais que o Santa Fe. O Emelec é o último, com apenas um ponto ganho.

Na próxima rodada, o Flamengo jogará em casa diante do Emelec e terá a chance de encaminhar sua classificação, já que River Plate e Santa Fe, seus dois concorrentes, se enfrentarão na Colômbia. A rodada derradeira dessa primeira fase terá o duelo entre River e Flamengo marcado para acontecer na Argentina.

Lucas Pratto ainda não tinha marcado gol nessa edição da Copa Libertadores (Foto: Juan Mabromata/AFP)

O primeiro tempo foi marcado por um verdadeiro massacre dos mandantes no que diz respeito a iniciativa e posse de bola. A pressão foi forte, o goleiro Dreer precisou trabalhar, mas os equatorianos mesmo assim viram a retranca funcionar os primeiros 45 minutos.

Na etapa final, Marco Gallardo foi para o tudo ou nada e resolveu mexer em sua equipe, colocando o River Plate ainda mais para cima do Emelec. De tanto insistir, os Millonarios foram premiados com um gol de Lucas Pratto aos 20 minutos. Foi o primeiro gol do centroavante ex-São Paulo nessa edição da Libertadores.

O gol só deixou o River ainda mais solto e o segundo gol não demorou. Aos 28, Pity Martínez recebeu de Pratto e correu para o abraço depois de leve toque por cobertura do goleiro equatoriano. Um golaço e a sensação de alívio estava consolidada entre os argentinos.

No fim, o Emelec até descontou com Preciado depois de falha bizarra de Enzo Pérez na saída de bola, mas era tarde demais para uma reação. Assim, o River pôde comemorar seis pontos em suas rodadas seguidas em cima do time do Equador e a liderança do grupo.