• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Prefeitura do Rio volta atrás e proíbe volta do público em partidas de futebol

A prefeitura do Rio de Janeiro adiou nesta quinta-feira (09), a volta parcial do público em competições de futebol, que estava prevista para retornar na fase três, que tem início nesta sexta-feira (10). Em coletiva de imprensa realizada, o prefeito Marcelo Crivella destacou que neste momento, as autoridades não possuem estrutura para suportar a retomada de aglomerações.

— Em reunião com o conselho científico, decidimos que não terá torcida nos estádios agora. Não tem condições de manter a segurança fora do estádio, dentro do estádio e nos transportes. – disse o prefeito Marcelo Crivella, em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (09).

Caso a volta do público estivesse permitida, como determinava a fase três, os dois próximos confrontos do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense poderiam contar com público. Vale lembrar que a Prefeitura tinha estipulado que as partidas de futebol só comportariam 1/3 da capacidade de cada estádio, com distanciamento de 4 metros de um torcedor para o outro. No entanto, o prefeito Marcelo Crivella voltou atrás da decisão.

Após mais de três meses de paralisação, o Campeonato Carioca foi o primeiro torneio de futebol à retornar no Brasil. O primeiro confronto que marcou a volta aconteceu entre Flamengo e Bangu, no dia 18 de maio. A equipe Rubro-Negra voltou à campo para disputar a final da Taça Rio contra o Fluminense, nesta quarta-feira (08), e perdeu a partida na disputa de pênaltis para o Tricolor.

Publicado em colunadofla.com.