| Futebol

Preparador físico do FlaBasquete, Diego Falcão serve o Brasil no Pan

Estreante na equipe principal da Seleção, profissional rubro-negro conta como é a preparação dos atletas convocados

Diego Falcão é preparador físico do Flamengo

Diego Falcão é preparador físico do Flamengo

O basquete do Flamengo foi, recentemente, tricampeão brasileiro, campeão da Liga das Américas, decacampeão estadual e campeão do mundo. Os jogadores que levantaram o troféu são conhecidos da torcida mas, por trás dos grandes craques, também há uma competente comissão técnica para tornar possíveis todas essas conquistas. Um deles é o preparador físico, e paraibano de sotaque inconfundível, Diego Falcão. Com apenas 34 anos, tem um currículo invejável pelo Rubro-Negro e será um dos representantes do clube na Seleção Brasileira de basquete masculino no Pan-Americano de Toronto.

Além da experiência extremamente vitoriosa no Flamengo, Falcão tem mais um trunfo para fazer um bom trabalho nos Jogos: irá trabalhar ao lado do técnico José Neto, auxiliar técnico do Brasil, com quem trabalha há sete anos. "Nós já temos uma metodologia de treino, ou seja, uma característica onde nos trabalhamos tentamos realizar, e na Seleção não é diferente. Neto me ajuda na comunicação da comissão técnica, no planejamento e organização das sobrecargas, além de fazer um elo com Rubén Magnano (treinador do Brasil), já que, como preparador físico do time principal, estou fazendo minha estreia. Essa ligação reflete diretamente nos atletas, com um treino de qualidade onde vamos cada dia mais nos aproximando dos nossos objetivos", disse Falcão.

O preparador físico rubro-negro também explicou como é o trabalho pré-competição com os atletas que se apresentam após uma temporada desgastante, com os campeonatos estaduais, nacionais e internacionais. "A preparação é teoricamente a mesma de uma equipe que se prepara para algum campeonato mais longo, a grande questão está na qualidade dos treinos, que têm que ser realizados no curto tempo que temos na Seleção: apenas cinco semanas de preparação até chegar na competição. É pouco tempo para inserir todo conteúdo, não é uma preparação fácil", conta Falcão, que também explicou como é a avaliação dos jogadores.

"Quando o atleta chega, nós temos uma ideia da sua condição por como foi sua temporada, mas sempre começamos com todas as avaliações médicas e físicas, nas quais sabemos qual é a situação do atleta. A cultura do atleta de basquete vem melhorando demais, eles estão chegando muito mais preparados para começar os treinamentos. Essa consciência vem ajudando o nosso trabalho para deixar o grupo física e tecnicamente equilibrado até a competição", elogiou.

Basquete no Pan
O Brasil está no Grupo "A" e estreia contra Porto Rico no dia 21 de julho. Na sequência, os brasileiros enfrentam Venezuela (22) e Estados Unidos (23). O Grupo "B" é composto por Argentina, Canadá, México e República Dominicana. De acordo com o regulamento da competição, na primeira fase as equipes jogam entre si, em turno único, nos seus respectivos grupos. Os dois primeiros colocados de cada grupo se classificam para a semifinal, no sistema de cruzamento olímpico: A1 x B2 e B1 x A2. Os vencedores decidem o título, enquanto os perdedores disputam a medalha de bronze.

Fonte: http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/21564/preparador-fisico-do-flabasquete-diego-falcao-serve-o-brasil-no-pan

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.