| Futebol

Presidente do Fla: clube fecha 2016 com faturamento maior que dívida

Eduardo Bandeira de Mello comemora sucesso de meta de responsabilidade do clube: "A recuperação financeira do Flamengo segue a passos largos"

flameng - Presidente do Fla: clube fecha 2016 com faturamento maior que dívida

Desde que assumiu a presidência do Flamengo, em 2012, Eduardo Bandeira de Mello pregou que sua gestão seria de responsabilidade e que a meta era a redução da dívida do clube. Quatro anos depois, o mandatário revelou que sua meta está sendo cumprida. No "Seleção SporTV", o dirigente adiantou que em 2016, o rubro-negro vai fechar o ano com o faturamento maior que a dívida e que seguirá nesta mesma linha até o fim do seu mandato.

- Em 2016 fecha menos que R$ 400 milhões. Quando assumimos o Flamengo a dívida era de R$ 750 milhões e o faturamento era de 200 e alguma coisa, bem menos de R$ 300 milhões. Se você comparar a dívida líquida do clube com o faturamento, você tinha 750 para 200, em 2012 e em 2016 vamos fechar a dívida com menos de 400 e o faturamento mais de 400. Pela primeira vez o faturamento anual do Flamengo vai ser mais que o estoque da dívida. A recuperação financeira do Flamengo segue a passos largos - afirmou.

Após a contratação de Diego, a folha salarial do Flamengo se aproximou de R$ 7 milhões mensais. No entanto, nada que assuste Bandeira de Mello. O próprio já adiantou que está tudo dentro do planejado.

- Escutamos uns colegas da imprensa dizendo que a gente traz o Diego e falam que acabou a era da responsabilidade no clube. Balela. Isso é grande idiotice. Todos os compromissos que o Flamengo assumir serão cumpridos na íntegra, cada centavo - contou.

No Campeonato Brasileiro, o Flamengo ocupa a sexta colocação, com 30 pontos e está a três do líder Corinthians. Nesta quarta-feira, o clube encara o Santos, em Cuiabá.

Fonte: http://sportv.globo.com/site/programas/selecao-sportv/noticia/2016/08/presidente-do-fla-clube-fecha-2016-com-faturamento-maior-que-divida.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.