– Eu acho que tem razão a reclamação porque no lance do primeiro tempo o jogador do Corinthians não estava impedido, então o gol foi mal anulado. A gente tem que dizer quando a arbitragem erra a favor, como contra o Palmeiras o árbitro errou em lances capitais contra nós em arbitragem completamente desastrosaEntão, no dia que acontece de a arbitragem errar em um lance que nos favorece a gente tem que reconhecer – analisou.

Bandeira de Mello aproveitou para comentar outro lance polêmico envolvendo o Fla - na última quarta-feira, o árbitro Leandro Vuaden voltou atrás após apitar uma penalidade a favor do Santos, nas quartas de final da Copa do Brasil

– Acho que todo mundo viu que não foi pênalti, o juiz se precipitou, marcou, teve o auxílio do quarto árbitro e voltou atrás. Está completamente dentro da regra. Absurdo seria se ele tivesse tido a informação e não voltasse atrás. Então, ele voltou atrás e acertou – concluiu o presidente. 

​​