Presidente do Flamengo minimiza cobrança em embarque

Presidente do Flamengo minimiza cobrança em embarque

O Flamengo desembarcou em Bogotá, onde vai enfrentar nesta quarta-feira o Independiente Santa Fe-COL, pela Libertadores. O presidente Eduardo Bandeira de Melo falou sobre a cobrança sofrida ainda no Rio de Janeiro por um grupo de torcedores no aeroporto.

“Foi tudo bem. Eram poucos. Poucas pessoas. O importante foi que ocorreu tudo bem. Vamos pensar em ganhar do Santa Fé”, disse ao Globoesporte.com.

O mandatário também minimizou o fato dos rubro-negros irem para o jogo pressionados pelo empate no Maracanã.

Bandeira de Mello (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

“O Flamengo está sempre pressionado. É da natureza de quem é grande”, declarou.

Bandeira de Melo manteve o mistério sobre a presença do meia Diego na partida. O jogador sofreu uma lesão e foi desfalque no fim de semana, na vitória sobre o América-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

“Não sei (se vai para o jogo). Espero que sim”, falou.

O Flamengo está na liderança do grupo 4 da Libertadores, com cinco pontos. No entanto, o River Plate-ARG está atrás dos rubro-negros nos critérios de desempate e o Independiente Santa Fe-COL, com três, pode ultrapassar os cariocas nesta rodada. O Emelec-EQU, com apenas um ponto, é o lanterna.