Pressionado, Flamengo quer fazer do jogo contra o América-MG uma festa

Pressionado, Flamengo quer fazer do jogo contra o América-MG uma festa

Cinco dias depois de lotar o Maracanã em treino aberto que antecedeu a partida com o Santa Fe, pela Libertadores, a torcida do Flamengo volta ao estádio para a despedida do ídolo Júlio César, hoje, às 19h, contra o América-MG. Desta vez, porém, a festa pode ser estragada, dependendo da atuação do time e do resultado. Mais de 40 mil ingressos foram vendidos para jogo que promete misturar euforia e tensão.

— Sempre fui cobrado no Flamengo, é time grande e tem que ser assim mesmo. Sei que se fizermos o gol, vão nos apoiar. Nada melhor do que uma bela apresentação para dar ao Júlio uma despedida com vitória — disse Rodinei.

Após mais um tropeço na Libertadores, em partida sem torcida, o Flamengo viu se multiplicarem as cobranças sobre vários de seus jogadores e a diretoria. E entra em campo já de olho no compromisso com o Santa Fe na Colômbia, na quarta-feira, pressionado a recuperar os pontos perdidos em casa. Por isso, não está descartado que alguns atletas sejam poupados hoje.

Trauco, que se destacou no jogo-treino contra o Tigres, pode reaparecer na ala esquerda. Certeza são as ausências de Éverton Ribeiro, suspenso, e Diego, que ontem foi diagnosticado com lesão muscular na parte posterior da coxa direita. Geuvânio e Willian Arão devem substituí-los. Além de Júlio César, a defesa pode ter a entrada de Léo Duarte, se Juan não jogar.

FLAMENGO X AMÉRICA-MG

Flamengo: Júlio César, Rodinei, Réver, Leo Duarte (Juan) e Renê (Trauco); Cuéllar (Jonas), Arão, Lucas Paquetá, Vinícius Júnior e Geuvânio; Henrique Dourado.

América-MG: Jory, Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Christian, Juninho e Serginho; Aylon, Rafael Moura e Luan.

Juiz: Leandro B. Marinho (SP).

Local: Maracanã.

Horário: 19h.

Transmissão: Premiere e Rádio Globo/CBN.