| Futebol

Procura do Inter não atrai, e Sheik decide lutar por espaço no Flamengo

Fora de nova partida no Brasileiro, atacante teve procura do Colorado, que recebeu retorno positivo do Fla. Proximidade da família impede avanço de tratativa

flameng - Procura do Inter não atrai, e Sheik decide lutar por espaço no Flamengo

Com baixo aproveitamento neste ano pelo Flamengo, Emerson Sheik entrou na mira de outros clubes brasileiros, mas decidiu que não sai da Gávea. O Internacional procurou o atacante, que completou 38 anos nessa terça-feira, mas Sheik declinou do convite. Com apenas quatro jogos no Brasileiro pelo Flamengo, ele ainda poderia se transferir para outro clube.

A direção colorada tinha desejo antigo de contratar o atacante rubro-negro e, inclusive, acenou com vínculo até dezembro de 2017. Ex-presidente do Inter e atual dirigente do Colorado, Fernando Carvalho, admirador de Sheik, fez consultas com Tite, técnico da Seleção e comandante do atleta no Corinthians, e Muricy Ramalho, que o treinou no Fluminense e no início deste ano no Flamengo. A avaliação foi positiva. A própria diretoria rubro-negra via com bons olhos a transferência do jogador, mas deixou o atleta à vontade para decidir seu futuro. 

O empresário do jogador Reinaldo Pitta não quis entrar em detalhes das equipes que procuraram Sheik. Admitiu que houve sondagens - uma delas foi do Atlético-PR -, mas não houve avanço das conversas. Ele elogiou o tratamento da diretoria do Flamengo consigo e com o jogador, destacando que esta é composta por pessoas sérias e responsáveis pela reformulação do clube no cenário nacional. Apesar da reserva, o camisa 11 quer ficar próximo da família e de casa. Sair Rio de Janeiro a três meses do fim da competição não o interessa, ainda mais com o time inserido na luta por título em dua frentes. Sua principal meta é recuperar espaço no Rubro-Negro.

- Emerson está consciente de que tem que fazer o máximo pelo Flamengo, aliás ele sempre soube que tem que lutar muito, mas o jogador às vezes relaxa, é natural. Ele acha que tem uma dívida com o Flamengo e quer pagá-la. Ele não vai ser feliz fora do Flamengo - afirmou o empresário.

Sheik tem 74 jogos pelo Flamengo e 22 gols marcados. Na primeira passagem, foram 26 jogos e 11 gols, sete deles anotados na campanha do hexacampeonato brasileiro. Ele deixou o time em setembro e não participou da festa pelo título. Depois de voltar ao Qatar e defender Fluminense, Corinthians e Botafogo, voltou à Gávea em 2015. Chegou com moral junto à galera, que lotou o Maracanã em sua estreia, na derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, pelo Brasileiro passado. Na atual temporada, a queda no rendimento e as muitas ausências o fizeram menos popular.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/procura-do-inter-nao-atrai-e-sheik-decide-lutar-por-espaco-no-flamengo.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.