| Futebol

Projeto de esportes olímpicos do Flamengo finaliza doações no dia 28

Criado em 2013, Anjo da Guarda chega em sua reta final, visando ajudar mais de 650 atletas de oito modalidades. Auxílio pode render prêmios ao torcedor rubro-negro

flameng - Projeto de esportes olímpicos do Flamengo finaliza doações no dia 28

O Programa do Flamengo, Anjo da Guarda Rubro-Negro, cujos recursos são destinados ao investimento no esporte olímpico do clube, chega à última semana em dezembro. Sendo aparado pela Lei de Incentivo ao Esporte, o projeto, que está em seu quarto ano, busca o desenvolvimento de centenas de jovens atletas, através de recursos obtidos por doações do imposto de renda de contribuidores. Os interessados poderão doar ao programa até o dia 28 de dezembro (próxima quarta-feira), podendo chegar até 6% do IR.

Lançado em 2013, o programa tem uma arrecadação total de R$ 3,2 milhões, desde seu início, o que corresponde a 50% da verba de IR obtida pelo Flamengo. Ao todo mais de 650 atletas de oito modalidades foram beneficiados pelo Anjo da Guarda. Os recursos são destinados para bolsas auxílio para atletas, salários dos treinadores, comissão e outros membros do corpo técnico, taxas para federação, confederação e inscrição em competições, transportes e estadias durante competições, e também de investimentos em equipamentos. Além disso, mesmo que os jovens não se tornem atletas, eles saem da Gávea com uma formação acadêmica e civil. Isso porque o clube rubro-negro tem parceria com instituições de ensino tanto no nível escolar quanto universitário. As instruções para como doar estão no site do programa. 

Alguns atletas que foram aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro se beneficiaram do projeto, como Fernanda Nunes (Remo), Luiz Altamir (Natação), Maria Clara Lobo, Lorena Molinos (Nado Sincronizado), Marina Canetti (Polo Aquártico), Jade Barbosa, Dani Hypolito, Flavinha e Rebeca (Ginástica Artística). Além disso, cinco jovens jogadores que integram o elenco do time pentacampeão do NBB receberam apoio de "anjos da guarda", como João Vitor, Danilo, Felipin, Amorim e Heitor.

Além de ajudar os atletas olímpicos do clube, os torcedores rubro-negros poderão ganhar prêmios proporcionais ao valor doado. Quem doar mais de R$ 1.000, por exemplo, pode ganhar uma camisa autografada, uma placa de agradecimento, um FlaPasse, ingressos para o FlaMemória, uma carta do presidente Eduardo Bandeira de Melo, um certificado além de fazer uma visita ao recém-inaugurado CT e encontrar atletas dos projetos olímpicos. Além disso, alguns dos "notáveis" contribuidores ganharam camarotes em jogo e show em 2016.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/2016/12/projeto-de-esportes-olimpicos-do-flamengo-finaliza-doacoes-no-dia-28.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.