| Futebol

Promessa rubro-negra, William Queiroz conta trajetória e inspiração no judô

Jovem atleta ainda falou sobre o início de temporada em conversa exclusiva com o site oficial

flameng - Promessa rubro-negra, William Queiroz conta trajetória e inspiração no judô
O judô rubro-negro está cheio de jovens talentos que já estão mostrando sua força pelos tatames do Brasil. William Queiroz é um deles. O jovem carioca de 20 anos, medalha de prata na Taça Brasil de Juniores, chegou ao Flamengo neste ano e já começa a escrever sua história com as cores rubro-negras.

Nascido em uma comunidade do Rio de Janeiro, William conheceu o esporte através de Kauan Jorge, um grande amigo que atualmente treina com ele no Flamengo. "Comecei a fazer judô quando tinha 11 anos, em 2008, através de um amigo que agora, por coincidência, também treina aqui no clube. Eu o vi indo para casa de quimono e com medalha no peito. Foi aquilo que me chamou a atenção", explicou o atleta.

A trajetória não foi fácil e William lutou bastante pelo sonho de disputar medalhas com o judô. Assim como ele, uma judoca carioca, também nascida em uma favela da cidade, tinha o mesmo sonho e, em 2016, sagrou-se campeã olímpica na Rio 2016. Para o jovem, a grande inspiração tem nome e sobrenome.

"Sou muito fã da Rafaela Silva. Ela é como se fosse uma heroína para mim, uma pessoa que me surpreendeu muito pela história de vida dela. Toda a trajetória dela desde 2012 até o ano passado aqui no Rio foi realmente muito inspiradora", disse.

Medalhista de prata na Taça Brasil de Juniores e disputando mais conquistas nas competições que participou, William Queiroz foi otimista ao avaliar a temporada do Flamengo. "Estou gostando bastante desse início de temporada. Estou indo bem, subindo no pódio. Sinto que estou evoluindo, chagando a cada vez mais finais. A expectativa é continuar o bom trabalho e o objetivo definitivamente é o ouro", concluiu.
 
As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/25489/promessa-rubro-negra-william-queiroz-conta-trajetoria-e-inspiracao-no-judo

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.