| Futebol

PVC: “Distância entre seis candidatos ao título é inédita nos pontos corridos”

flameng - PVC: “Distância entre seis candidatos ao título é inédita nos pontos corridos”

A diferença do líder do Campeonato Brasileiro para o sexto colocado a esta altura da temporada nunca havia sido menor do que sete pontos. Esta diferença estreita existiu em 2006, 2008 e 2016. Neste ano, a distância é de apenas quatro pontos entre o Corinthians, primeiro colocado, e o Atlético, o sexto.

Nunca houve realmente seis candidatos ao título neste momento da campanha. Desta vez, há. Também é inédito pensar em um torneio de turno, returno e pontos corridos na Europa com tantos possíveis campeões. Na Espanha, a diferença entre o Barcelona, líder, e o Athletic Bilbao, sexto colocado, era de onze pontos na 17a rodada, em janeiro. Na Inglaterra, em dezembro, a diferença do líder Leicester para o Crystal Palace, em sexto, também era de onze pontos. Era mais estreita a distância da Internazionale, primeira colocada, para o Milan, sexto, em janeiro na Itália: 8 pontos. Mas na Alemanha a diferença era de 19 entre o Bayern e o Schalke, em sexto lugar.

No Brasil, há dois anos, o Cruzeiro liderava 13 pontos acima do Atlético, em sexto.

Difícil entender por que o equilíbrio aumentou tanto no Brasileirão deste ano. O Atlético investiu num elenco fortíssimo e demorou para jogar bem, depois de sair da Libertadores. O Flamengo reforçou-se durante a temporada e recupera-se na tabela. O Palmeiras não era candidato ao título desde 2009 e neste ano foi alavancado pelo trabalho de Cuca.

Nas últimas sete rodadas, o Corinthians foi o clube com maior número de pontos: 17. É o líder mesmo depois de passar uma semana de críticas ao trabalho de Cristóvão Borges.

Este é o Brasileirão mais imprevisível da história dos pontos corridos.

Fonte: Blog PVC

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.