Quase estreante na Liberta, Ceifador garante não estar ansioso por gols

Quase estreante na Liberta, Ceifador garante não estar ansioso por gols

Henrique Dourado fará praticamente sua estreia na Copa Libertadores. O atacante do Flamengo é a esperança de gols diante do River Plate (ARG), nesta quarta-feira, no Nilton Santos, e garante que não está ansioso para balançar as redes. Para ele, o importante é ajudar os companheiros.

A partida contra os argentinos será quase uma estreia porque o Ceifador só teve a oportunidade de participar da competição uma vez em sua carreira. E foi em 2015, quando defendia o Cruzeiro. Porém, naquele ano, esteve em campo em apenas três jogos, atuando somente 103 minutos e nada de gols.

- Tive a oportunidade de disputar em 2015, pelo Cruzeiro. Mas isso não influencia. Mas sim o pensamento que o atleta tem. Damião vinha em um bom momento. Tive oportunidade quando ele tomou cartão e se lesionou - comentou.

E mesmo sendo a primeira vez que entra como um dos protagonistas da equipe que defende, o camisa 19 rubro-negro garante que não está ansioso para o jogo contra o River Plate. Para ele, o importante é ajudar, seja como for, o Flamengo a sair vitorioso.

- Nenhuma (ansiedade). Tenho pensamento positivo, cabeça boa. Não por acaso cheguei em grande clube. Não estou satisfeito nunca. Tem que sempre superar nossas limitações. Quero estar sim com muita disposição para sairmos vencedores - argumentou.

Dourado preferiu também não lamentar a ausência de torcida, nas duas primeiras partidas do Flamengo em casa. Para o goleador, o importante é a Nação estar unida neste confronto, independente da localização de cada um.

- Vai ser diferente jogar sem torcida. Não vamos ter o incentivo. Como deixei claro, acho que cada torcedor vai estar nas suas casa mandando energias positivas para nós. Faremos de tudo pela vitória - afirmou.

Por fim, o camisa 19 pediu muito cuidado com o River, mesmo sabendo que o clube argentino vive péssimo momento no Campeonato Argentino e na temporada.

- O River Plate tem tradição. Vão usar deste jogo para tentar se reerguer. Sabemos o que vamos ter pela frente. E vamos ter disposição e empenho - disse.

VEJA OUTROS TRECHOS DA COLETIVA 
​Goleada no clássico
Pelo que vi, o Paulo foi bem claro, a derrota não influencia em anda do trabalho que vem sendo feito. Nosso objetivo é a Libertadores. Vamos iniciar ela com pensamentos positivos. Temos que esquecer tudo que se passou. Aqui é vida nova e vamos deixar que essas coisas, pressão extra, não influencia em nada.

Pressão na Libertadores
Já estamos bem cascudos. Sei da responsabilidade que é. Que o torcedor muitas vezes quer o resultado imediato. Temos que entender e esperar. Hora que tiver a oportunidade, concluir e ser o mais efetivo possível.

Jogar com Diego
Inteligência acima da média. Essa cobrança fica em cima de todos os atletas. Temos que dividir as responsabilidades. Não sobrecarregar apenas um. Ele é cascudo no futebol. Tem experiência longa. Tenho certeza que vai nos ajudar ainda mais.

Metas para 2018
Como muito de vocês sabem, tenho meu caderno. Espero conquistar cada uma. Sempre acima das metas pessoais, estão as coletivas.

Flamengo taticamente
​Aspecto tático não posso entrar em detalhe. Estudamos o adversário. Temos que impor nosso ritmo. Nosso torcedor, sem dúvida, irá fazer falta. Vamos encontrar dificuldade. Temos que ir com foco total. Sabendo que cada torcedor rubro-negro estará mandando energias.