Emprestado a times menores da Europa para ganhar rodagem, Moreno não se destacou, mas ainda é visto por aqueles que acompanham sua carreira como um jogador de grande potencial. O ​globoesporte.com ouviu alguns jornalistas estrangeiros que opinaram sobre o atacante de 21 anos. Confira:

• Gerard Bellera, Rac1 Barcelona, sobre a passagem pelo Girona

"Sua melhor partida foi na volta contra o Levante pela Copa do Rei, quando deu uma assistência. Não foi suficiente para se tornar titular. Não fará falta, mas sempre foi visto como um jogador que dava o máximo nos treinos".

• German Dobarro, Cadena Cope Galícia, sobre a passagem pelo La Coruña

"É habilidoso, mas precisa adaptar-se para render. Vejo a ida para a Europa como precipitada. Foi estupendo no Atlético Nacional. Acho que será importante voltar à América do Sul, jogar no Flamengo e recuperar sua melhor versão. É rápido e pode desequilibrar, mas aqui não mostrou isso".

• Santiago Aristizábal, RCN Radio Medellín, sobre a passagem pelo Atlético Nacional

"Por ter o pé direito bom, acostumou-se a jogar pela esquerda para cortar para dentro e chutar. Começou muito cedo no Atlético e acho que não estava maduro para seguir para o exterior. Foi destaque na campanha da Libertadores em um time com muita mobilidade, o que o levou para seleção da Colômbia e ao Manchester City".

(Foto de capa: Divulgação/Flamengo)