Como Guerrero tem contrato com o Flamengo até agosto de 2018 e está suspenso até novembro do ano que vem, o centroavante não atuará mais pelo clube caso seus advogados não consigam mudar o resultado da punição escolhida pela Fifa. Um dos jogadores que entrou no radar dos dirigentes rubro-negros é o argentino Jonathan Calleri, que vestiu a camisa do São Paulo no primeiro semestre do ano passado e atualmente está no Las Palmas, da Espanha.

O técnico Reinaldo Rueda já havia solicitado à diretoria do Flamengo a contratação de um atacante para 2018. Com a punição de Guerrero, o clube deve trazer dois jogadores para o setor. No entanto, o Rubro-Negro só deve votar as atenções para a busca de reforços após a decisão da Copa Sul-Americana, contra o Independiente, na próxima quarta-feira.

​​