"QUERO MEU FLAMENGO DE VOLTA"

"QUERO MEU FLAMENGO DE VOLTA"

Meus amigos flamenguistas, definitivamente o ano de 2019 não será de paz para nós rubro-negros. Ontem vimos mais uma vez um time desorganizado, improvisação do Arrascaeta na direita, um Arão mais perdido que cego em tiroteio e mais uma vez comprometendo os companheiros do meio-campo, enfim, uma bagunça total às vésperas da estreia na Libertadores.

E ainda em meio a crise de interdição do Ninho do Urubu, o que faz o presidente Rodolfo Landim? Pede licença de 15 dias alegando “motivos particulares” e além dele, o Vice-Geral Rodrigo Dunshe faz o mesmo e se licencia hoje voltando apenas na quarta-feira de cinzas. O Flamengo joga na terça-feira e nossos principais dirigentes estarão curtindo o Carnaval sabe-se lá onde.

Uma das principais críticas nas eleições ao Landim era de que ele não teria tempo integral para gerir o clube, viver diariamente os afazeres que o cargo de Presidente do Flamengo requer, e ele sempre rebateu que seus afazeres pessoais não iriam interferir no mandato. E agora no meio de todo esse furacão ele pede licença?

Todos os setores do clube hoje estão em queda vertiginosa de qualidade. A comunicação e o marketing do clube que antes eram elogiados, hoje são piadas, onde um diretor, Aleksander Santos, coloca anúncio no LinkedIn procurando empresas para prospectar parceiros. Tudo sob a tutela do Gustavo Oliveira e Bernardo Monteiro. O que antes eram setores elogiados, hoje estão destruídos. A Fla TV não divulga treinos, bastidores, entrevistas como eram feitos, e, não se sabe se é ou não torça de favores, mas quem faz tal trabalho são “influenciadores digitais”, que agora tem livre acesso ao CT e a qualquer evento do clube. Nada contra essa galera, são de veículos como é o Flamengorj, mas quem deve ter essa responsabilidade de comunicar os torcedores são os canais oficiais do Flamengo.

O pk das galáxias do Marketing. Luis Eduardo Baptista, o Bap, VP de Relações Externas, não consegue rebater o linchamento que a imprensa faz com o Flamengo, e ainda nomeou como Diretor de Relações Externas, o ex-candidato e ex-VP do Flá-Gávea, Cacau Cotta para a função. Será que o Bap também não terá tempo para seus afazeres no clube como o presidente Landim?

Acomodações políticas em troca de apoio para ganhar as eleições, foi nisso que se transformou o Flamengo, para quem queria o “Flamengo de Volta”, ele voltou.

SRN!

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.