| Futebol

Rafael Moura se torna maior carrasco do Flamengo no século

flameng - Rafael Moura se torna maior carrasco do Flamengo no século

Rafael Moura voltou a incomodar os rubro-negros na noite da última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. O atacante do Figueirense, que já havia decretado a vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo pelo Brasileiro em junho, desta vez anotou um hat-trick e foi fundamental no triunfo por 4 a 2 na competição continental. Os quatro gols no ano, inclusive, o tornam o maior carrasco da equipe carioca no século XXI, com nove – número construído também em suas passagens por Atlético-PR, Internacional, Fluminense e Figueirense.

Mesmo tendo atuado por um bom tempo pelo Tricolor carioca, rival estadual, He-Man marcou somente uma vez pelo clube das Laranjeiras, pela semifinal da Taça Rio em 2011. Por Atlético-PR e Internacional, foram dois em cada. O primeiro deles, pelo Furacão, também em jogo repleto de gols pela última rodada do Brasileiro 2008, na vitória por 5 a 3 (confira abaixo a tabela com o detalhamento).

Paulo Victor, que até então estava invicto contra Rafael Moura, atuou no time de reservas utilizado por Zé Ricardo e passou a ser, ao lado de Felipe, o goleiro mais vezes vítima do camisa 9, com três gols sofridos. Bruno, com 2, e Alex Muralha, com 1, fecham a lista. Foram seis marcados com o pé direito – um deles de pênalti – e três de cabeça.

Fonte: Numerólogos

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.