| Futebol

Raio-X: time misto do Fla leva a melhor sobre o Bota nos duelos por posições

Na opinião de comentaristas, Rubro-Negro ganha em seis comparações de jogadores mesmo com só quatro titulares. Alvinegro vence apenas quatro disputas nome x nome

saiba mais
  • Matemático calcula 46 pontos para fugir do Z-4
  • Botafogo precisa de aproveitamento de líder
  • Luxa explica time misto do Fla: titular no limite
  • Após show, grama da Arena Amazônia é tratada

Um time titular pressionado, contra outro em boa fase, mas com muitos jogadores poupados. O panorama desse embate no Botafogo x Flamengo deste sábado, às 21h (de Brasília), na Arena Amazônia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, é o equilíbrio na opinião dos comentaristas Lédio Carmona, Roger Flores e Edinho. Mas embora o trio não veja um favorito evidente para o clássico, a frieza dos números aponta a vantagem de um dos lados. Os analistas compararam as prováveis escalações das duas equipes, posição por posição, e o Rubro-Negro levou a melhor por 7 a 4.

- O Flamengo não vai ter pressão nenhuma, enquanto o Botafogo estará desesperado. Mesmo com time quase reserva, é capaz de encarar o Botafogo praticamente completo. Acho que o Flamengo pode arrancar pelo menos um empate - opinou Lédio Carmona, que comentará o jogo para o Premiere e PFCI.

Em penúltimo lugar e na zona de rebaixamento do Brasileiro, o Bota, para fugir da degola, precisa ter um aproveitamento de 66,6% nas últimas oito rodadas, algo que só o líder Cruzeiro conseguiu até agora na competição. Por isso, o técnico Vagner Mancini cobrou do time atitude de final e falou em "jogo mais importante da história".

- Sempre é um jogo muito tenso. Os jogadores do Botafogo não estão conseguindo administrar o nervosismo, mas é um jogo que vale muito para o Alvinegro. Para o Flamengo, nem tanto. Por isso, o Botafogo pode entrar com mais gana de vencer - previu o ex-jogador Roger Flores.

Já a tranquilidade do Flamengo no campeonato, em 11º lugar na tabela, ainda não é vista como suficiente para espantar o fantasma do Z-4 e se concentrar totalmente na Copa do Brasil, onde tem pela frente o Atlético-MG na semifinal da competição. O motivo por poupar vários jogadores e viajar só com quatro titulares (Paulo Victor, Samir, Gabriel e Eduardo da Silva), segundo Vanderlei Luxemburgo, é pelo desgaste.

O ex-zagueiro Edinho minimizou os desfalques e crê que o Rubro-Negro encontrará mais facilidade diante de um time que vai precisar se expor para vencer.

- Mesmo com o time não sendo titular, são jogadores que vêm revezando, já foram aproveitados, eu não os considero reservas. E o Flamengo já tem uma tática, uma forma de jogar. Eles vão ter oportunidade de mostrar isso. Claro que o Flamengo tem dificuldades de ditar o ritmo, porque é um time feito para jogar em velocidade, no erro do adversário. Não é uma equipe pra propor o jogo. Se enfrenta uma equipe que chega para se defender, tem mais dificuldade, o que não deve ser o caso dessa partida - analisou o comentarista.

Raio-X - Botafogo x Flamengo (Foto: GloboEsporte.com)Raio-X - Botafogo x Flamengo (Foto: GloboEsporte.com)


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.