| Futebol

Recebido no Chile com churrasco por torcida local, Bandeira vibra: "Só o Fla"

Sócios do Club Deportivo Flamengo, que é amador, receberam rubro-negros do Brasil com direito a pagode; diretoria é representada por presidente, Fred Luz e vice geral

flameng - Recebido no Chile com churrasco por torcida local, Bandeira vibra: "Só o Fla"

Visitantes nesta quarta-feira, quando enfrentam a Universidad Católica, em Santiago, os rubro-negros estão em casa na capital chilena. Sócios do Club Deportivo Flamengo, equipe amadora inspirada no primo rico do Brasil, receberam os flamenguistas com churrasco e muita festa. Até samba e transporte foram garantidos pelos anfitriões aos flamenguistas brasileiros.  

- Foi emocionante. Difícil imaginar que a milhares de quilômetros de distância há tantos rubro-negros apaixonados como nós e que cultivam essa paixão há várias gerações. Só o Flamengo mesmo para me proporcionar uma alegria dessas - afirmou Eduardo Bandeira de Mello, presidente rubro-negro.

Fundado em 31 de agosto de 1970, conforme revela sua bandeira, o Deportivo Flamengo intensificou a relação com o clube que o inspirou principalmente no ano passado, quando o colecionador de camisas Bruno Nin foi ao Chile assistir à vitória por 1 a 0 sobre o Palestino. A partir de então, passaram a se comunicar via Whatsapp e o receberam no Rio de Janeiro, tanto na sede quanto no Maracanã. 


- O Bruno (Nin) veio aqui contra o Palestino e conheceu o Francisco, um dos líderes da Fla Chile junto com o Teo. Eles foram contra o Santos no Maracanã, conheceram a Gávea, e essa relação estreitou. Assim que a tabela foi divulgada, a união cresceu. Montamos um grupo no Whatsapp há um mês, e eles organizaram esse churrasco. Vamos sair com ônibus daqui, tudo na maior alegria e na maior emoção. Só vivendo para saber. Toca pagode, toca samba. Uma sensação incrível - afirmou Daniel Silva, presente no churrasco de confraternização (confira abaixo canto dos flamenguistas chilenos).


Estudante de direito da Uerj, Vitor Hugo, outro dos que foram à festa, disse ter se sentido como um jogador rubro-negro diante de tanta hospitalidade por parte dos "hermanos chilenos".

- Parecia que éramos o próprio elenco, os próprios jogadores. Fomos festejados por sermos cariocas e do Brasil. Os caras fizeram questão de oferecer um churrasco para nós, é um momento histórico para eles de nos receber e receber o Flamengo. Mostra a força do Flamengo.

Além de Eduardo Bandeira de Mello, o Flamengo esteve representado na festa por seu diretor geral, Fred Luz, e o vice-presidente do clube, Maurício Gomes de Mattos.

Se houve grito de torcida chilena do Flamengo, os tradicionais dos rubro-negros brasileiros também não faltaram. Confira em vídeo abaixo.


A bola rola para a partida às 21h45 (de Brasília) em San Carlos de Apoquindo, no Chile

UNIVERSIDAD CATÓLICA X FLAMENGO
Data: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Local: San Carlos de Apoquindo, Santiago
Flamengo: Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão e Diego; Berrío (Gabriel); Everton e Guerrero
Universidad Católica: Toselli Espinoza, Kuscevic, Lanaro, Parot, Fuentes, Kalinski Fuenzalida, Buonanotte, Noir e Santiago Silva
Árbitro: Diego Haro (PER) auxiliado por Coty Herrera (PER) e Jorge Luis Yupanqui (PER)

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2017/03/recebido-no-chile-com-churrasco-por-torcida-local-bandeira-vibra-so-o-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.