| Futebol

Reestreia ou Renascimento?

flameng - Reestreia ou Renascimento?

Amigos! Domingo passado, no jogo contra o Grêmio válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi possível observar a reestreia de Leandro Damião. O atacante de 27 anos fez seu primeiro jogo iniciando como titular no nosso rubro-negro.

Confesso que não fui a favor de sua contratação, e para isso, utilizei estatísticas que indicavam um mau negócio para o Flamengo, mesmo pagando somente parte do salário do atacante. Leandro Damião vinha de dois longos anos sem boas apresentações e sem marcar muitos gols. Sua passagem pelo Santos, clube que gastou uma verdadeira fortuna com o centroavante, foi apagada, com 44 jogos e 11 gols apenas. No Cruzeiro, um pouco melhor, mas nada que chamasse a atenção. Damião fechou sua passagem pelo clube mineiro com 48 jogos e 18 gols. Logo depois foi emprestado ao Betis da Espanha, onde realizou 3 jogos sem ter marcado.

A desconfiança começou a ficar menor observando o dia a dia do atacante no Flamengo. Os noticiários informavam se tratar de um jogador trabalhador, sério e compromissado em retomar sua carreira. Tudo vinha transcorrendo bem até que Paolo Guerrero foi suspenso no tenebroso jogo contra o Sport. Em um de nossos Resenhas, na TV Coluna do Flamengo, indiquei minha preferência por começar o jogo com Felipe Vizeu, jovem promessa da base que vinha de jogos bons substituindo o atacante peruano. Realmente achava perigoso começar o jogo com um atacante que há muito tempo não jogava e que, mesmo quando estava jogando, não estava se saindo bem.

Porém no domingo passado, Zé Ricardo soltou a escalação com Damião no comando de ataque. Não achei nenhum absurdo, mas teria outra atitude. E desde o primeiro minuto de jogo fiquei muito impressionado com nosso atacante. Uma disposição incrível, muita raça e presença de área, uma vontade de alcançar todas as bolas que foi contagiante. O pessoal na arquibancada se entreolhava e parecia não acreditar. Entre caras de espanto, sorrisos e gritos de incentivo ao centroavante, vimos Leandro Damião correr atrás de cada bola como se fosse a última, vimos bicicletas perigosas, uma inclusive que entrou, sendo anulada logo depois, vimos a personalidade de um estreante em colocar a bola debaixo do braço e bater um pênalti importantíssimo com tranquilidade e categoria.

No fim do jogo, surpreendido pela belíssima apresentação do camisa 18 rubro-negro, pensei: “Pode não ter sido uma simples reestreia, e sim um renascimento!”.

Que Leandro Damião tenha realmente renascido no Mengão e que nos ajude a chegar ao título do Campeonato Brasileiro!

Vamos Flamengo!

Marcão Beton

INSCREVA-SE: TV Coluna do Flamengo

Twitter: @marcaobeton

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/08/reestreia-ou-renascimento/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário
image

JORGE FERREIRAHá 3 meses

SE O ZÉ RICARDO FOR JUSTO O DAMIÃO SERÁ O TITULAR DO MENGÃO NO BRASILEIRÃO, MAS SE O ZÉ FOR ESCALAR O TITULAR PELO NOME O GUERRERO CONTINUARÁ NO TIME, MAS PELO QUE MOSTROU O LEANDRO DAMIÃO CONTRA O GRÊMIO, SE CONTINUAR ASSIM, MERECE SER TITULAR, MOSTROU RAÇA E TÉCNICA COM LINDAS BICICLETAS.

Carregar mais