| Futebol

Relação da Alemanha com o Fla serve de inspiração na retomada

Alecsandro espera pegar carona na empatia rubro-negra com os campeões do mundo para reerguer o time no Campeonato Brasileiro

Desde antes do início da Copa do Mundo, a relação entre Alemanha e Flamengo se aproximou a partir do lançamento das novas camisas pela fornecedora de material esportivo. Os alemães ganharam um uniforme semelhante ao do clube carioca e o utilizaram durante a competição no Brasil. Com a adesão de Podolski, principalmente, e Schweinsteiger, os  rubro-negros aumentaram sua empatia pela seleção, que se tornaria campeã mundial.

Podolski, inclusive, posou nesta segunda-feira com a taça de campeão do mundo vestindo a camisa do Flamengo, que ganhou de André Santos. Com ela, deixou o Brasil para voltar à Alemanha. Inúmeras vezes, postou mensagens em redes sociais exaltando a sua relação com o país e falou até sobre a possibilidade de um dia defender o clube.

Podolski Alemanha (Foto: André Durão)Podolski gostou de usar a camisa rubro-negra durante a Copa do Mundo (Foto: André Durão)



Toda esse relacionamento com a seleção campeã do mundo chamou a atenção até dos jogadores do Flamengo. Alecsandro espera que o fato possa ajudar o time a se recuperar no Campeonato Brasileiro com um sentimento positivo que pode ser levado pela torcida aos estádios.

- Fiquei feliz de ver tantos flamenguistas na Copa por causa da Alemanha, usando um uniforme que é parecido com o nosso. Coisas positivas são sempre válidas. Temos sempre que pegar força positiva do nosso torcedor. Espero que nesses jogos essa vibração possa vir para a gente também - afirmou Alecsandro.

A volta do Flamengo aos gramados depois da paralisação para a Copa do Mundo acontece nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Macaé. Depois de quase 30 dias de treinamento, Alecsandro espera ver um espírito positivo em campo para tirar o time da penúltima colocação no Campeonato Brasileiro.

-  Não vou falar que é o espírito da Alemanha, porque daqui vão dizer que o Flamengo jogará como a Alemanha, mas é o espírito de querer fazer - comentou o atacante.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.