Relacionado para a partida com o Grêmio desta quinta-feira na Ilha do Urubu, o foco sobre o jovem agora é outro: como está fisicamente para encarar uma partida tão complicada? Seu último compromisso dentro de campo, em caráter oficial, foi no distante dia 13 de maio, ainda na China. Dois meses se passaram. A tendência, portanto, é de que inicie aos poucos, no banco de reservas, como alternativa para a etapa final.

Pelos treinamentos do treinador Zé Ricardo, Geuvânio é concorrente de Everton por uma posição no lado esquerdo do ataque do Flamengo. O atacante, porém, pode jogar também pela direita, no lugar de Éverton Ribeiro. A comissão técnica fez um trabalho diferenciado com o ex-santista e garante que seu condicionamento já é similar ao restante do elenco, uma vez que esteve fora da verdadeira maratona de jogos do último mês, entre Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.