Renato Gaúcho aceita ouvir proposta do Flamengo, mas exige contrato de dois anos

Renato Gaúcho aceita ouvir proposta do Flamengo, mas exige contrato de dois anos

Um dos nomes com maior aprovação no Flamengo, o técnico Renato Gaúcho foi consultado por intermediários do clube e informou que aceita ouvir uma proposta para deixar o Grêmio. No entanto, além da pedida salarial - no time gaúcho o treinador recebe R$ 700 mil -, Renato exige um contrato de no mínimo dois anos para aceitar o desafio. O Flamengo tem eleição no fim do ano e oito meses até a saída do presidente Eduardo Bandeira de Mello do poder.

O técnico é desejo antigo no clube e também nunca escondeu a vontade de comandar o Flamengo. A exigência da diretoria de um treinador adequado à filosofia do clube, com atenção á comissão técnica multidisciplinar, é bem vista por Renato Gaúcho, que costuma trazer apenas um auxiliar e é adepto dos treinamentos modernos.

No Grêmio, o técnico conquistou Libertadores e vai para mais um título Estadual. O clube gaúcho entende que Renato tem tudo para permanecer para mais um ano, mas a atração de voltar ao Rio sempre mexeu com o técnico. A diretoria do Flamengo ainda avalia as opções, mas vê o nome de Cuca e do auxiliar Mauricio Barbieri sofrer resistência por motivos diferentes - temperamento e falta de experiência.

Os dirigentes do Flamengo estudam se farão a investida em Renato Gaúcho, que está esperando uma ligação.