| Futebol

Representante nega conversas do Fla com Edilson, demitido do Botafogo

Fernando Paiva confirma que comunicado da rescisão com Alvinegro foi dado na noite de quinta-feira e avisa que lateral vai cobrar tudo que o clube lhe deve

Edilson Botafogo entrevista (Foto: Thales Soares)Edilson: lateral-direito teve o contrato rescindido pelo Botafogo, apesar de ser um dos destaques do time (Foto: Thales Soares)

Poucos dias antes do anúncio do presidente Maurício Assumpção, na sexta-feira, de que o contrato de Edilson estava rescindido, o nome do lateral-direito foi incluído como um dos possíveis alvos do Flamengo para a próxima temporada. A saída do jogador, que contava com a aprovação da maioria dos jogadores, gerou o temor de que ele vá parar no maior rival.

O representante do jogador, Fernando Paiva, no entanto, garantiu que Edilson não foi oferecido para o Fla nem para qualquer outro clube. No Rubro-Negro, Edilson teria que conviver com um antigo desafeto dos tempos do Grêmio, o técnico Vanderlei Luxemburgo.

- Jamais a OTB Sports, empresa que gerencia a carreira dele, entrou em contato com o Flamengo ou quem quer que seja. O Edilson não precisa disso, é um jogador com potencial enorme e existe uma expectativa muito boa para ele o ano que vem. Até porque já ficaria livre no fim desta temporada, o contrato terminaria. Mas é bom esclarecer que não houve negociação nenhuma - disse Fernando Paiva, que também representa o volante Gabriel.

Sobre a rescisão com o Bota, Paiva confirmou que foi comunicado na noite de quinta-feira da decisão do clube. Ele avisou que vai lutar para que Edilson receba tudo o que tem direito.

- Fomos comunicados por volta de 23h30, através de email, que haveria o afastamento dos jogadores. Na sexta já colocamos nas mãos dos advogados. Agora vamos tratar dos detalhes da rescisão e vamos lutar para ele receba tudo o que tem direito.

Além de Edilson, Emerson, Bolívar e Julio Cesar também tiveram os contratos rescindidos pelo clube.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.