​Na disputa, estão Flamengo e Atlético-MG. Enquanto o primeiro conta com a preferência do estafe do jogador, o segundo enviou um emissário à Europa a fim de tentar ganhar vantagem sobre o rival. Segundo o site ​UOL Esporte, o Galo enviou um representante à Espanha, mais especificamente a cidade de Jerez de la Frontera, onde o time alemão realiza atividades durante a paralisação da Bundesliga, para avançar nas tratativas.

O Flamengo está na frente nesta "corrida" pelo simples fato de que, na ótica do estafe de Walace, conta com uma equipe já melhor estruturada e com situação financeira mais segura no momento. A negociação, porém, é classificada como difícil. Publicamente, o Hamburgo vem afirmando que só aceita liberar o atleta se a negociação for em definitivo, e os clubes brasileiros querem um acerto por empréstimo.