| Futebol

Revelados por Luxemburgo no Fla ganham espaço em volta do treinador

Luiz Antonio e Negueba atuam contra o Botafogo e Muralha é citado pelo comandante, com chances de entrar na vaga de Cáceres contra a Chapecoense

 

Quando passou pelo Flamengo entre 2010 e 2012, o técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu alguns jogadores das categorias de base. Em sua volta ao clube há uma semana, reencontrou alguns deles. Luiz Antonio, Negueba e Muralha estavam no elenco, mas sequer brigavam por vaga no time titular. A situação parece ter mudado rapidamente.

Luiz Antonio foi escalado logo na estreia de Luxemburgo, no triunfo por 1 a 0 diante do Botafogo. Ficou em campo os 90 minutos. Negueba foi a primeira substituição do treinador, escolhido para substituir Paulinho por volta dos 15 minutos do segundo tempo. Muralha não entrou em campo, mas Luxemburgo revelou ter pensado em colocar o jogador em campo para melhorar o meio-campo.

- Ele (Canteros) sentiu a adaptação ao futebol brasileiro. Corri o risco ao colocá-lo em campo. Pensei em usar o Muralha, pois o jogo estava perigoso no meio-campo. Mas perdi dois jogadores sentindo desconforto (Paulinho e Éverton) - disse Luxemburgo depois do jogo.

Este ano, Luiz Antonio havia atuado em 12 jogos como titular dos 37 disputados pelo Flamengo e em três como substituto. Ele iniciou a temporada depois dos outros jogadores por ter entrado com uma ação na Justiça pedindo a rescisão de seu contrato. Acabou entrando em acordo para voltar ao clube.

Muralha disputou 19 jogos no ano, sendo 14 como titular, todos sob o comando de Jayme de Almeida. Com Luxemburgo, disputou 20 jogos entre 2011 e 2012, sendo quatro como titular, quando ainda tinha apenas 18 anos de idade. Com a suspensão de Cáceres, é candidato a uma vaga no time para o confronto com a Chapecoense, no domingo, em Santa Catarina. Já Negueba entrou em campo 21 vezes em 2014, sendo apenas sete desde o início.

Além do trio, outro que teve suas maiores chances com Luxemburgo foi o goleiro Paulo Victor. Foi com o treinador que ele disputou seu primeiro jogo de competição, no dia 5 de dezembro de 2010, no empate em 0 a 0 com o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Ele também elogiou o goleiro e disse que a escolha foi opção técnica.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.