Réver elogia Léo Duarte e vê protesto no aeroporto como 'caso encerrado'

Réver elogia Léo Duarte e vê protesto no aeroporto como 'caso encerrado'

Além de Diego, lesionado, o Flamengo não deve contar com o zagueiro Juan na partida contra a Ponte Preta, na quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O camisa 4, que atuou quatro dos últimos cinco jogos, deve ser poupado pela comissão técnica e, assim, será substituído por Léo Duarte, de 21 anos.

Réver, por sua vez, está confirmado na equipe que jogará em Campinas e demonstrou confiança no jovem parceiro, com que já atuou ao lado em 2018.

- É um jogador que tem a confiança do grupo e do treinador. Ele passou muita segurança contra o América-MG (vitória por 2 a 0 no Maracanã) e tem um potencial muito grande - afirmou o capitão do Flamengo nesta terça-feira.

A atuação de Léo Duarte diante do Coelho, quando Juan foi poupado, rendeu elogios também de Maurício Barbieri, técnico interino do Rubro-Negro desde março. Confirmada a titularidade diante da Ponte Preta, o zagueiro fará seu oitavo jogo na temporada. São sete pelo Estadual e um pelo Brasileirão.

'Não vamos fugir da nossa responsabilidade e faremos que, com o trabalho, isso termine o quanto antes. O resultado em Fortaleza já nos ajudou, amanhã temos um jogo difícil contra a Ponte Preta. Temos que pensar jogo a jogo, em busca das vitórias, e que a gente consiga pôr tudo o que  treinamos em prática', disse o capitão Réver.

Capitão, Réver exerce um papel de liderança dentro do elenco. Assim, voltou a ser questionado sobre o protesto contra o time na última sexta-feira, quando alguns atletas foram agredidos ao embarcar para Fortaleza. Dias depois, o Flamengo venceu o Ceará por 3 a 0 no Castelão.

Na visão do zagueiro, o caso está encerrado e a resposta da equipe deve ser dada em campo, com resultados e boas apresentações.

- Nós sabemos o motivo pelo qual isso foi gerado no aeroporto. Muito já foi falado.A diretoria já se pronunciou, alguns jogadores já comentaram e para nós é um caso encerrado. Não devemos ficar alimentando o que aconteceu. O futebol é dinâmico e sabemos que isso vai depender dos resultados. Não só por isso nós precisamos vencer. Temos um histórico vencedor. Jogar no Flamengo é isso: resultado o tempo.

Na parte da atividade no Ninho aberta à imprensa, foi possível observar Réver se queixando de dores no ombro esquerdo, mas o capitão garantiu que foi só um incômodo e não ficará de fora da partida desta quarta- no Moisés Lucarelli.

A provável escalação do Flamengo que enfrenta a Ponte Preta pela Copa do Brasil é a seguinte: Diego Alves;Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Geuvânio, Vinicius Júnior e Henrique Dourado.