Um dos fatos mais marcantes do duelo foi a entrada repentina de Rhodolfo no lugar de Réver. O capitão rubro-negro sentiu dores musculares e foi vetado pelo departamento médico. O substituto soube que jogaria momentos antes da partida, já no aquecimento:

"Jogar no Flamengo é isso. Temos que estar preparados para qualquer adversidade. Lógico que ninguém gosta de substituir um companheiro lesionado, mas infelizmente isso faz parte da nossa profissão. Acredito que pude dar minha parcela de contribuição, junto com os demais companheiros, e agora vamos buscar esse título para fecharmos a temporada dando essa alegria para a torcida flamenguista", contou ao ​Lance!.

O defensor acabou fazendo uma boa partida e ajudou o time a passar de fase no torneio. Campeão em 2012 com o São Paulo, ele espera desta vez o desfecho seja idêntico:

"Fizemos uma campanha muito boa e foi um título bastante comemorado por todos nós. Todo título é importante e quero poder repetir essa experiência. O grupo está muito focado em alcançar esse objetivo e a prova disso foi o excelente jogo que fizemos (na Colômbia)", concluiu.