Rhodolfo ressalta concorrência e elogia trabalhos de Dorival e Bandeira: “O Flamengo não entra sozinho nas competições”

Rhodolfo ressalta concorrência e elogia trabalhos de Dorival e Bandeira: “O Flamengo não entra sozinho nas competições”

Contratado junto ao Besiktas, da Turquia, na temporada de 2017, Rhodolfo, de 32 anos, encerrou seu segundo ano com a camisa rubro-negra obtendo o mesmo número de partidas do que no de estreia: 23. Em 2018, no entanto, conseguiu ir às redes em três ocasiões: contra Nova Iguaçu e Botafogo, pelo Campeonato Carioca, e Atlético-PR, na última rodada do Brasileirão, em confronto que encerrou o calendário do Flamengo deste ano.

O defensor concedeu entrevista ao Esporte 24 Horas e comentou a concorrência que a equipe rubro-negra sofre nas competições em que disputa, como argumento para as críticas sobre a falta de títulos. De acordo com o zagueiro, o Flamengo, apesar de não ter conseguido levantar as taças, tem chegado longe nos torneios e vai conseguir conquistá-los em breve.

— As pessoas esquecem que o Flamengo não entra sozinho nas competições. Há outras grandes camisas também, mas tenho certeza de que muitos gostariam de estar em nosso lugar, disputando os títulos como temos feito nesses dois últimos anos. Para conquistar, tem que chegar. E isso nós temos feito. Em algum momento, vamos beliscar.

No momento, o clube sofre certa indefinição, já que ainda não se sabe quem será o treinador para 2019. Qualquer decisão será tomada apenas após a eleição presidencial, no próximo sábado (08), que será responsável pela definição do mandatário para o triênio 2019-2021. O defensor defendeu a permanência de Dorival Júnior, que não conseguiu levar a equipe ao título, mas apresentou um alto aproveitamento enquanto esteve à frente do elenco.

— É um treinador de qualidade, experiente. Acho que se ele ficar ajudará muito, por ter feito um bom trabalho neste final e conhecer o elenco. Vamos aguardar e ver o que a diretoria pensa.

O período eleitoral, como não poderia deixar de ser, ferve os bastidores do clube. Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol, Rodolfo Landim, Marcelo Vargas e José Peruano disputam o pleito. Rhodolfo elogiou a gestão do atual dono do posto, Eduardo Bandeira de Mello, e afirmou torcer para que seu trabalho receba continuidade: “A gente espera que continuem o grande trabalho que o presidente Bandeira fez. Com seriedade e boa administração”.