| Futebol

Rio 2016: atletas, técnicos e preparadores do Mengão fizeram bonito nos jogos

Novo ciclo olímpico se inicia; Time Flamengo agora de olho em Tóquio-2020

Os Jogos Rio-2016 ficaram para trás, mas certamente já deixaram saudades. O Rio de Janeiro recebeu a maior competição esportiva do universo, fez bonito e, de quebra, o Manto Sagrado brilhou em todas as competições. Se a Nação fez bonito nas arquibancadas, o Time Flamengo representou muito bem nossa garra, luta e tradição. Atletas, preparadores e técnicos que fizeram parte do Time Brasil iniciam agora um novo ciclo olímpico, sempre amparados pela estrutura do Clube de Regatas do Flamengo, clube cidadão e que, com toda certeza, seguirá incentivando, apoiando e formando novos atletas no caminho rumo à Tóquio-2020.

Nossos atletas

Para alguns, a primeira participação, Para os "veteranos", a experiência única de representar o clube e o país na nossa cidade. Para nós, o orgulho de presenciar apresentações, competições e, acima de tudo, a ética e a postura que o espírito olímpiico espalhou por nossa nação.

Natação

Luiz Altamir encerrou a primeira participação olímpica com o 32º lugar no 400m livre masculino (3:50,82). Já no revezamento 4 x 200m livre veio a 14ª colocação (7:13,84).

Nado sincronizado

Com as meninas Lorena Molinos e Maria Clara Lobo entre os atletas, além de Eduardo Calçada e Carlinhos Assis  entre a comissão técnica, a equipe feminina chegou à final tanto na rotina técnica, quanto na rotina livre. Na técnica, 6ª posição com 84.7985 pontos. Na livre, também 6ª posição com 87.2000 pontos. Foi o melhor resultado brasileiro na história.

Polo aquático

Com a presença de Marina Canetti, a Seleção Brasileira encerrou a competição na oitava colocação.

Ginástica artística

Jade Barbosa, Daniele Hypólito, Rebeca Andrade e Flavia Saraiva alcançaram a 8ª colocação geral no feminino por equipes. Já nas provas individuais, Rebeca encerrou a participação com o 11º lugar no individual geral (56.965 pontos). Jade ficou com o 23º lugar. 

Na barra de equilíbrio feminino, Flavia Saraiva foi finalista e com 14.533 pontos encerrou a participação nos jogos com um brilhante 5º lugar.

Basquete

Com Marquinhos, José Neto e Diego Falcão, o Brasil não alcançou a classificação em um difícil grupo que contava com Lituânia, Espanha, Croácia, Argentina e Nigéria. Entretanto, na vitória contra a Espanha, que ao final da competição conquistaria o Bronze, o ponto final saiu das mãos de Marquinhos, momento que ficará para sempre na memória do atleta, comissão e, claro, torcedores.

Remo

Fernanda Nunes competiu na categoria Double-skiff peso leve. Na primeira bateria, 12ª colocação com o tempo de 7:20,79. Na repescagem, classificação em nono lugar com 8:15, 53. Nas semifinais C/D, segunda colocação com 8:14,06. E, finalmente, na Final C, terceiro lugar com 7:44,78.

Judô

Rosciléia Campos, treinadora da Seleção Brasileira de judô, brilhou e vibrou muito com as conquistas durante os jogos. O Brasil conquistou três medalhas na modalidade: uma de ouro e duas de bronze.

Paralimpíada

Agora é a vez dos nossos heróis paralímpicos. Michel Pessanha e o treinador Franquilim Oliveira representarão o clube e o país no Remo. Já Karla Cardoso lutará no judô.

Fonte: http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23936/rio-2016-atletas-tecnicos-e-preparadores-do-mengao-fizeram-bonito-nos-jogos

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.