| Futebol

Rode o elenco Zé, cadê a meritocracia?

flameng - Rode o elenco Zé, cadê a meritocracia?

No futebol brasileiro, há muito tempo prega-se a ideia de que time que está ganhando não se mexe, e time que está perdendo, tem que mudar tudo, começando pelo técnico. Nem um, nem outro, não é por que o time está ganhando que não se pode aperfeiçoar, muito menos time que está perdendo tem que ser alterado de forma aleatória.

O que se vê no Flamengo, é que o treinador Zé Ricardo mantém suas convicções com o time ganhando ou perdendo, e essas convicções se resumem a manter os seus jogadores de confiança no time titular e o mesmo esquema de jogo, independente do que aconteça.

Ano passado, na reta final do Campeonato Brasileiro, o Flamengo se distanciou do título principalmente por não apresentar nada de diferente. O esquema de jogo já estava manjado, vários jogadores já estavam no seu limite técnico, e o treinador nada de diferente fez. Resultado, perdemos fôlego, e terminamos em terceiro lugar, distante do campeão Palmeiras.

Já nesse ano, o esquema continua o mesmo, e os seus jogadores de confiança também. Márcio Araújo, hoje, não seria titular nem em um clube médio, quanto mais em um elenco milionário como no do Flamengo. Arão atravessa uma longa má fase, e após esquentar apenas um jogo no banco, provavelmente já voltará ao time titular. Vaz, apesar de ter ido para a reserva, é sempre a primeira opção de jogo, com isso Donnati foi negociado, e Léo Duarte não tem chance alguma. Muralha precisou de sucessivos fracassos pra ir para o banco de reservas, dando lugar ao goleiro Thiago, que apesar da idade, se mostra bastante seguro.

Irrita de certa forma, a paciência que Zé tem com alguns jogadores, e a falta dela perante com outros. Bastou um jogo mal para Éderson parar no banco de reservas, enquanto Éverton pode fazer vários jogos abaixo do nível, que é mantido no time somente por causa de sua função tática. Aliás, até quando no Flamengo, jogadores de nível técnico serão preteridos por jogadores monotemáticos?

O Flamengo conta com um elenco numeroso e versátil, com isso há bastante espaço para o treinador ousar mais, rodar o time, e trabalhar melhor o esquema. Principalmente agora com a ascensão de Vínicius Junior, e a chegada de Geuvânio, Éverton Ribeiro e Rhodolfo.

Saudações RN.

Por: Wesley Paulo

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/06/rode-o-elenco-ze-cade-meritocracia/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.