• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Rodrigo Caio aponta ‘fator principal’ para mudança no Flamengo na reta final do Brasileirão

Com uma temporada de oscilação no Campeonato Brasileiro, o Flamengo engatou uma sequência invicta na reta final e assumiu a liderança da competição. Desta forma, o Rubro-Negro está a um triunfo de conquistar o oitavo título nacional. Os altos e baixos nas atuações do Mais Querido fizeram com que o elenco multicampeão fosse muito questionado. Rodrigo Caio, um dos líderes da equipe, comentou a chave para a mudança.

Em entrevista coletiva no CT Ninho do Urubu, o zagueiro apontou o principal fator para o Rubro-Negro mudar a postura e recuperar a confiança. Para Rodrigo Caio, o Flamengo conseguiu recuperar o coletivo, assim como em 2019 e, por isso, o clube se manteve vivo na briga pelo título.

– Como um jogador da defesa, eu analiso o conjunto. É muito fácil quando o time ganha dizer que a zaga é boa e quando o time perde culpar os defensores. Eu penso no conjunto e no time. O futebol tem que ser assim. O nosso futebol mudou quando a gente começou a se entregar de uma forma conjunta. Quando coletivamente você está muito forte. Isso foi o diferencial em 2019 quando ganhamos muitos títulos. A gente conseguiu resgatar essa forma competitiva coletivamente. Esse é o fator principal da equipe – antes de completar:

– É uma forma muito intensa de marcar e isso facilita todo o time. Os atacantes correm menos, os meias correm menos e os defensores correm menos. Então, eu acredito que esse é o fator principal e a gente conseguiu resgatar. Essa é a cara do Flamengo. A gente espera que nesta última partida da temporada estejamos muito forte coletivamente porque quando isso acontece temos grandes chances de vencer os jogos – finalizou

Em busca do título, o Flamengo encara o São Paulo, nesta quinta-feira (25), às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pela 38ª e última rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro é o atual líder com 71 pontos, enquanto o Internacional ocupa a segunda colocação com 69. Sendo assim, em caso de vitória, o Mais Querido conquista o título, porém, em caso de empate ou derrota, dependerá do resultado entre Colorado e Corinthians, no Beira-Rio.

Publicado em colunadofla.com.