| Futebol

Roger critica postura do Flamengo: "Não encarou jogo como uma decisão"

Para comentarista do SporTV, time rubro-negro não acreditou que Palestino seria capaz de atacar em Cariacica e "jogou fora uma classificação que estava na mão"

flameng - Roger critica postura do Flamengo: "Não encarou jogo como uma decisão"



Em ótima fase no Campeonato Brasileiro, o Flamengo foi surpreendido na noite desta quarta-feira e eliminado da Copa Sul-Americana ao perder por 2 a 1 para o Palestino (Chile), em Cariacica (ES). Na opinião do comentarista do SporTV Roger Flores, o time rubro-negro não encarou a partida com a atenção que deveria e "acabou castigado".
 
- O Flamengo não encarou o jogo como se fosse uma decisão. Achou que o Palestino não seria capaz de encontrar as possibilidades de fazer os gols e levou o jogo de uma forma muito leve no primeiro tempo. E acabou sendo castigado. E o castigo foi muito pesado (...) O Flamengo não teve a atitude necessária, não mordeu dentro do seu campo. A estratégia foi dar o campo para o Palestino, se fechar e ter espaço para contra-atacar. Por isso, a opção pelo Cirino e pelo Fernandinho no primeiro tempo. Mas não teve o contra-ataque porque deu espaços para o Palestino, que foi criando confiança, vendo que o monstro não era desse tamanho todo - afirmou.



Para Roger Flores, a sequência de jogos intensos, com a necessidade de esforço físico para reagir durante as partidas e obter bons resultados, também acabou tendo influência no desempenho diante do time chileno.

- Hoje em dia, o futebol não dá a possibilidade de se abrir mão de um tempo. O Flamengo abriu mão do primeiro tempo (quando levou os dois gols). Não soube jogar. E aí não tem condição física de reverter toda hora uma situação. Mesmo poupando jogadores. Contra o Figueirense, levou quatro gols (em Santa Catarina), teve que reverter aqui em Cariacica. Contra o Palmeiras, atuou (desde os 37 do primeiro tempo) com um a menos. Contra o Cruzeiro, teve que reverter nos últimos minutos. Tudo isso, com a quantidade de viagens, com a tensão em duas competições, interfere na questão física. O desgaste físico prejudicou o Flamengo, que jogou fora uma classificação que estava na mão pelo resultado que fez lá no Chile e pela superioridade técnica - disse.

Questionado se a eliminação terá influência no desempenho da equipe no Brasileiro, Roger Flores vê lados positivos e negativos.

- Sem dúvida, terá influência. Vamos ver se é positiva ou negativa. Tem a questão física. O Flamengo se concentra no Brasileiro. Para de fazer viagens longas. Teria a possibilidade de jogar na Venezuela na próxima fase da Sul-Americana. Mas tem a influência negativa. De ser eliminado da maneira que foi, de ser um time muito maior, de ter muito mais tradição (que o Palestino), de ter construído um resultado na partida de ida. 

Fonte: http://sportv.globo.com/site/programas/troca-de-passes/noticia/2016/09/roger-critica-postura-do-flamengo-nao-encarou-jogo-como-uma-decisao.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.