| Futebol

Ronald Ramon projeta Sul-Americana no Rio de Janeiro

Após o encerramento da Copa Avianca, armador rubro-negro espera a presença da Nação nos jogos no Tijuca

flameng - Ronald Ramon projeta Sul-Americana no Rio de Janeiro
O Flamengo encerrou, nesta terça-feira (31) sua participação na Copa Avianca com o objetivo de preparar a equipe para a fase semifinal da Liga Sul-Americana, que acontece entre os dias 7 e 9 de novembro no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Um dos jogadores com maior tempo de quadra nos amistosos em Belo Horizonte, o ala-armador Ronald Ramon fez um balanço do jogo contra o Vitória, que terminou 98x87 para o Mais Querido.

"A gente jogou defensivamente melhor que os outros jogos. Eu acho que ofensivamente a gente movimentou a bola, mas a defesa foi o que deu o resultado de hoje. Eu acho que deu pra melhorar entre o primeiro jogo e o de hoje. Dá pra ver que a gente evoluiu defensivamente especialmente. Temos que seguir com nosso objetivo, que é a Liga Sul-Americana. Agora é voltar, continuar trabalhando e focar em terminar em primeiro", destaca o camisa 14 da Gávea.

Ramon encerrou sua participação esta noite com 33,1 minutos em quadra, o jogador que mais esteve na ativa contra a equipe baiana. Com 12 pontos, 2 rebotes e 2 assistências, o dominicano só tem olhos para a semifinal da semana que vem com a presença da Nação no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

"A gente sabe que vai jogar em casa. A gente lutou a primeira fase para isso e conquistou. Agora é o com o mando em casa. A gente sabe que a torcida vai estar com a gente, vai lotar o Tijuca e vai ajudar a gente para ir atrás de nosso objetivo", finaliza.      

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/26256/ronald-ramon-projeta-sul-americana-no-rio-de-janeiro

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.