| Futebol

Rueda analisa derrota diante da Ponte Preta: "Temos que melhorar nosso futebol"

Comandante rubro-negro fala aos jornalistas no estádio Moisés Lucarelli

flameng - Rueda analisa derrota diante da Ponte Preta: "Temos que melhorar nosso futebol"

Foto: Staff Images/Flamengo

Ao fim da partida em Campinas, o técnico Reinaldo Rueda compareceu à sala de imprensa do estádio Moisés Lucarelli para conceder entrevista coletiva. O desempenho rubro-negro na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta foi um dos tópicos abordado. Mesmo com a equipe paulista tomando a dianteira do placar no início do segundo tempo, o técnico ressaltou a entrega da equipe em campo, não desistindo em momento algum de buscar o resultado.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

No entanto, o colombiano também comentou sobre a falta de precisão na hora de finalizar as chances criadas, fundamento que poderia ter mudado a história da partida. "Foi um jogo muito intenso, mas não tivemos a sorte de somar pontos. O rival atuou com muita intensidade e também precisavam do resultado. Encontraram um gol, infelizmente para nós. O time se doou o tempo todo. O Flamengo teve organização, dinâmica e buscou o gol, mas não estivemos afinados para finalizar", analisou.

Placares negativos acarretam uma pressão por parte dos torcedores, principalmentes em uma equipe com a proporção do Mais Querido. O revés mantém o Rubro-Negro na sétima posição do Campeonato Brasileiro, a apenas quatro pontos do G-4. Tendo essa distância curta em vista, Rueda deu ênfase à importância do apoio da Nação na sequência da competição nacional.

"Em todo time grande como o Flamengo, ainda mais com essa enorme torcida que tem, compromete e contagia. Cabe a nós respondermos a todos com resultados em campo. É normal que nossa torcida cobre isso e é aí onde a conhecemos. Que nos apoiem nesse momento, que apoie nossos jogadores, porque é algo que se vê nos torcedores desde pequenos quando se fazem rubro-negros. Temos comprometimento e asseguro que essa equipe nos levará à frente", disse o treinador.

Apesar do pedido de apoio ao torcedor, a necessidade de melhora da equipe se faz clara na mente do comandante rubro-negro. "Temos que melhorar nosso futebol. Há momentos bons e importantes, conceitos relevantes, mas devemos melhorar", completou.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Reinaldo Rueda:

Busca pelo G-4
Essa é a meta. Temos que saber que nosso comprometimento é com a vaga na Libertadores. Caso consigamos ir diretamente para a fase de grupos, melhor. Mas temos que trabalhar e conquistar os resultados que nos deem essa posição. Essas posições são difíceis. Temos que falar menos e trabalhar melhor.

Vinicius Jr. no banco
Há um trabalho. Se começarmos a dar justificativas para qualquer decisão que eu tomar, ficaremos aqui a noite toda. É o trabalho que fazemos, de conhecimento dos jogadores, e buscamos o melhor momento para cada um entrar. Creio que não haja nada o que dizer sobre a situação.

Dificuldades para finalizar
Acredito que seja uma coisa que só se encontra nos momentos em que passamos a conseguir os resultados, conseguir fluidez. Não apenas na questão das finalizações, mas da criação de jogadas serem um pouco mais claras também. Penso que seja algo que se soluciona com futebol e gols.

Trabalho emocional na Data FIFA
Temos grandes nomes, jogadores com muita experiência. Cabe a nós assumirmos essa responsabilidade. Lamentavelmente, não estamos conseguindo os resultados de acordo com nossas expectativas. Essa será uma pausa que pode vir tanto para o bem quanto para o mal. Creio que tivemos uma boa atitude mental, apesar do jogo de quarta-feira. Jogou com disposição, organização, coletividade e agressividade. Esperamos que esse clássico seja positivo para nós.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/26080/rueda-analisa-derrota-diante-da-ponte-preta-temos-que-melhorar-nosso-futebol

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.