– Paolo está liberado desde ontem. Para o jogo de amanhã era muito difícil, não ia dar tempo – afirmou o colombiano.

– O Paolo, depois do jogo contra o Bahia, no segundo tempo, apresentou dores no músculo (posterior da coxa esquerda). Está em processo de reabilitação. Ontem tentou no treino, mas teve pequena moléstia. Segue no departamento médico – completou Rueda.

Além de Guerrero, Geuvânio também não vai para o jogo. Nas palavras do comandante rubro-negro, o atacante "sentiu o esforço" após jogar 45 minutos contra o São Paulo. Por outro lado, Vinícius Júnior deve ficar à disposição.

– A ideia (das mudanças) é estabilizar a equipe. Depende de características de jogo, somos visitantes amanhã, entre aspas. Buscamos outras alternativas. Geuvânio jogou 45 minutos contra o São Paulo, mas não terminou de se recuperar muito bem. Sentiu o esforço. É um jogador muito importante – concluiu o treinador.

​​