Após o treino, o técnico Reinaldo Rueda concedeu uma entrevista coletiva e mostrou-se compreensivo com as demandas da torcida. O colombiano, no entanto, alertou para o fato de que teve diversos desfalques nas últimas partidas e que isso influenciou diretamente numa queda de produtividade do time:

"Sabemos que quando chega a essas circunstâncias tem esse tipo de cobrança. O torcedor tem todo o direito de fazer essa cobrança, mas creio que é uma situação que só pode se resolver com trabalho. Temos de trabalhar melhor. Quando os jogadores estão tomando forma, vem outro insucesso: perder seis jogadores em duas semanas. Isso não é desculpa, mas que equipe do Brasileirão perdeu seis jogadores? Juan, Réver, Trauco, Berrío, Guerrero, Diego... Seis jogadores com bom nível individual. Não tivemos sorte. Quando estamos recuperando um, sai outro. Muitas equipes no mundo sentem quando sai um jogador, quando saem dois vira um buraco. Quando saem seis... É muito difícil", analisou o comandante.

O Flamengo volta a campo nesta quinta-feira, às 21h, contra o Coritiba no Couto Pereira. O jogo será válido pela 35ª rodada do Brasileirão.