Para o Flamengo, conquistar os três pontos será fundamental na tabela e também no objetivo de ganhar dias de tranquilidade antes do “jogo do ano” contra o Botafogo, quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. O clássico vale uma vaga na final da Copa do Brasil, e o título garante uma vaga na Copa Libertadores em 2018.

O Flamengo não vence pela competição desde 22 de julho, quando derrotou o Coritiba por 2 a 1 também na Ilha do Urubu. Depois, empate com o Corinthians (1 a 1) e derrotas para Santos (3 a 2), Vitória (2 a 0) e Atlético-MG (2 a 0). Voltar a vencer é fundamental. Muito mais do que reduzir a distância para os adversários, a questão emocional é importante.

"Já passou da hora de voltarmos a vencer, perdemos oportunidades em casa e fora. Poderíamos estar em uma colocação melhor. Já enfrentamos o Atlético-GO três vezes recentemente e sabemos das dificuldades apesar do último lugar. Precisamos de estratégia para sair da retranca e conquistar os três pontos", afirmou o volante Willian Arão.

Guerrero e Berrío, lesionados, e Trauco, cumprindo supensão, são os desfalques para o compromisso diante do lanterna. A comissão técnica também decidiu poupar o atacante Felipe Vizeu e o meia Everton, ambos com dores musculares, para a "decisão" de quarta.

​​