| Futebol

SACUDIR A POEIRA

A GENTE ENVERGA, MAS NÃO QUEBRA

flameng - SACUDIR A POEIRA

Como disse Raphael Gouvea Monteiro, “Um momento difícil é como saltar de vara: Se você souber lidar com a situação ela enverga e te impulsiona, se não, ela quebra e te derruba...”.

Nós estamos nesse exato momento, demitimos o nosso treinador Zé Ricardo, profissional comprometido, sério e promissor, mas que não vinha conseguindo ter resultados convincentes e aceitáveis para o time que tinha nas mãos. E quando a sintonia com a nossa torcida se desfaz, não adianta insistir, é o mesmo que patinar na lama.

Contudo, essa demissão aconteceu de forma não planejada e nesse exato momento não temos nenhum treinador brasileiro com um mínimo de qualidade disponível no mercado para contratarmos.

Pelo amor de Deus não me venham com Jorginho, Carpegiane, Dunga ou Cristóvão, pois aí seria o mesmo que descer alguns degraus e pessoalmente, preferia continuar com o Zé.

A grande maioria dos nossos torcedores pede a contratação do Reinaldo Rueda, treinador colombiano que obteve sucesso com o Atlético Nacional na última Libertadores.

Mas minha duvida é se seria o momento atual para trazermos esse treinador, qual foi o último treinador estrangeiro que conseguiu ter sucesso em terra Tupiniquim?

Lembrando que não foram poucos os exemplos que não deram certo nos últimos anos, foi assim com o argentino Daniel Passarella, no Corinthians, em 2005; Com o uruguaio Jorge Fossatti, no Internacional em 2010; Com Ricardo Gareca no Palmeiras, em 2014; Com o espanhol Miguel Ángel Portugal no Atlético-PR em 2014; Com o colombiano Juan Carlos Osório, no São Paulo, em 2015; Com Diego Aguirre, no Internacional em 2015 e no Atlético-MG em 2016 e por fim o Edgardo Bauza no São Paulo também em 2016.

Ou seja, não é uma ação tão simples como parece, pois muitas vezes esses profissionais não acompanham nosso futebol nem pela TV e chegam sem conhecer os jogadores que irão comandar e muito menos os adversários, chegam sem saber nada, no escuro mesmo. E muitas vezes trazem ou prestigiam jogadores estrangeiros. Talvez aí o maior e o maior erro deles. Pois perdem assim o grupo e o respeito com os jogadores brasileiros, e aí passam a fazem corpo mole por se sentirem preteridos por atletas e comandantes de outra nacionalidade.

No próximo jogo iremos com o já conhecido Jayme de Almeida no comando interino da nossa equipe e aí com mais calma teremos tempo para tomarmos a decisão mais acertada e contratar um profissional com mais estofo para aguentar a pressão que é estar à frente de um Clube do tamanho do Flamengo.

Chegou o momento de sacudirmos a poeira e priorizarmos a Copa do Brasil e a Sulamericana e ir levando o Brasileiro no banho maria, porque o título do Brasileiro, infelizmente, ficou muito distante.

Quem está se esbaldando de felicidade por termos tropeçado na última rodada e criado um pequeno mal estar no nosso ambiente, que fique esperto. Pois o nosso Mengão enverga mais não quebra.

Saudações Rubro-Negra!

Mengão Sempre!


Comentar pelo Site

1715 Comentários
image

clqnwajaHá 4 meses

1"; waitfor delay '0:0:4.25' --

image

clqnwajaHá 4 meses

1'; waitfor delay '0:0:4.25' --

image

clqnwajaHá 4 meses

1; waitfor delay '0:0:4.25' --

image

clqnwajaHá 4 meses

1';select pg_sleep(4.25); --

image

clqnwajaHá 4 meses

1;select pg_sleep(4.25); --

Carregar mais