| Futebol

Santos empata com o Flamengo e assume liderança após 10 anos

flameng - Santos empata com o Flamengo e assume liderança após 10 anos
Empate em 0 a 0 rendeu a liderança provisória ao Santos (Foto: Divulgação/Flamengo)

O torcedor santista viveu uma noite especial nesta quarta-feira. O Peixe assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro após 10 anos de jejum. A última vez que a equipe havia ocupado a primeira colocação havia sido em maio de 2006, na quinta rodada daquela edição. A ponta da tabela, com 33 pontos, foi alcançada após a equipe empatar em 0 a 0 com o Flamengo, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

A liderança santista, ainda que provisória – Palmeiras e Grêmio jogam nesta quinta-feira e podem superar o Peixe -, foi construída graças a uma grande atuação do goleiro Vanderlei, que parou o ímpeto flamenguista, muito mais presente no ataque que o time santista.

Desfalcado de muitas peças, o Peixe valorizou a posse de bola e os contra-ataques, até teve chance de fazer o seu gol, mas o Flamengo foi mais agressivo e poderia até ter vencido a partida. Com a informação de que o Corinthians havia tropeçado em Curitiba, diante do Atlético-PR, o Peixe cadenciou a partida nos minutos finais e assegurou o empate.

Na próxima rodada, o Santos vai a Belo Horizonte encarar o lanterna América-MG, no domingo, as 11h (de Brasília). O Flamengo, ainda na quinta colocação, com 31 pontos, recebe o Atlético-PR, no sábado, as 18h30.

O jogo – Com muita disposição, o Flamengo começou a partida partindo para cima do Santos. As descidas do rubro-negro carioca ocorriam na maioria das vezes pelo lado esquerdo da defesa santista, onde Caju tinha bastante dificuldade na marcação. Pela esquerda, Copete não recompunha bem, Leo Cittadini não marcava bem e por isso lateral-esquerdo santista ficava sobrecarregado.

Embora o Flamengo chegasse mais ao ataque, foi o Peixe quem teve a chance mais perigosa, quando aos 34 minutos, Caju tocou para Vitor Bueno, na direita. O meia pegou na bola de primeira e acertou a trave direita de Alex Muralha.

Com a pressão flamenguista, o Santos não conseguia manter a posse de bola. Jean Meia, o armador, quase não participava da partida.

O Flamengo seguia a sua sina de estar mais presente no ataque, mas foi o Santos quem novamente criou uma melhor oportunidade, quando Copete, aos 44, percebeu Alex Muralha um pouco adiantando e tentou surpreender com um chute do meio de campo. A bola caiu atrás do travessão rubro-negro.

No segundo tempo, o Santos voltou ainda mais precavido, sempre no aguardo das ações do adversário.

E mais uma vez a história se repetiu. O Flamengo mais entusiasmado no ataque, mas o Santos é quem chegou perto do gol, quando, aos 14, Rodrigão recebeu dentro da área, cortou Réver e chutou forte com boa defesa de Alex Muralha.

Os cariocas finalmente responderam, aos 17, com Everton acertando chute rasteiro, nono canto esquerdo, para intervenção de Vanderlei para a alinha de fundo. Aos 24, Everton recebeu na esquerda, dentro da área, e chutou para nova defesa de Vanderlei.

Aos 43, o Santos que conservava o empate e a provisória liderança, passou por um enorme susto, quando Mancuello acertou o travessão, depois de finalizar de fora da área.

E ainda teve tempo para mais sufoco do Flamengo. Aos 46, Vanderlei fez nova defesa, quando Mancuello chutou para mais uma defesa do goleiro santista. Aos 48, no último lance do jogo, Fernandinho cabeceou e Caju desviou a bola com a mão dentro da área, mas o árbitro apitou o final da partida.

FICHA TÉCNICA SANTOS 0 X 0 FALMENGO

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT) Data:  3 de julho de 2016 (quarta-feira) Horário: 21H45 horas (horário de Brasília) Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA – FIFA) Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA – ASP-FIFA) e Helcio Araujo Neves (PA – CBF) Cartões amarelos: Caju (Santos); Everton e Rafael Vaz (Flamengo

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Leo Cittadini, Jean Mota (Joel) e Vitor Bueno; Copete e Rodrigão (Elano). Técnico: Dorival Júnior.

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Marcio Araújo, Willian Arão, Allan Patrick (Mancuello) e Everton (Adryan); Marcelo Cirino (Fernandinho) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-brasileiro-serie-a/santos-empata-com-o-flamengo-e-assume-lideranca-apos-10-anos/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.