| Futebol

Santos lidera aproveitamento de pratas da casa no elenco; veja ranking

Dos 38 jogadores do Peixe utilizados no Brasileiro, 19 são formados em casa. Outros clubes, no entanto, derrubam a porcentagem média da Série A para 26%

O elenco do Santos utilizado no Brasileirão é de metade de Meninos da Vila. São 19 jogadores revelados no clube entre os 38 que já entraram em campo até a 25ª rodada, o que resulta na maior porcentagem entre os 20 participantes. Atlético-PR (39%) e Goiás (37%) vêm a seguir e se aproximam de 40%, número muitas vezes estabelecido por gestores como ideal. A média no campeonato nacional, entretanto, fica bem abaixo disso: são 170 pratas da casa entre os 651 jogadores usados, o que dá 26%.

O Santos, além de dar mais oportunidades no seu time, também tem muitos jogadores revelados na Vila atuando por outros clubes. Levantamento feito pelo GloboEsporte.com mostra que foram 14 neste Brasileiro, número superado apenas por Grêmio e São Paulo (16, cada).


Tabela porcentagem pratas da casa no elenco (Foto: Globoesporte.com)Tabela porcentagem pratas da casa no elenco (Foto: Globoesporte.com)

Quantidade não é tudo

Se o Santos pode se orgulhar de aproveitar 19 pratas da casa em seu elenco e usa essa quantidade para mostrar que dá oportunidades aos seus talentos, outros clubes aproveitam menos atletas, mas nem por isso deixam de mostrar qualidade no trabalho de formação.

É o caso do Cruzeiro, atual campeão e líder do Campeonato Brasileiro. Marcelo Oliveira usou apenas cinco pratas da casa na competição, mas três são titulares e já foram convocados várias vezes para seleções de base: Alisson, Lucas Silva e Mayke. O zagueiro Wallace, vendido por € 9,5 milhões (R$ 30 milhões) para o Braga, de Portugal, é outra mostra de que o trabalho realizado na Toca da Raposa rende frutos. Elber, que atuou uma partida pelo Coritiba, é o quinto representante.

Lucas Silva e Alisson, Brasil Sub-21 (Foto: Richard Souza)Lucas Silva e Alisson: exemplos de qualidade entre os poucos pratas da casa do Cruzeiro (Foto: Richard Souza)

- Ainda há mais jogadores de qualidade para ser aproveitados. O momento do Cruzeiro é muito positivo, o Marcelo Oliveira gosta de trabalhar com a base, e a hora deles vai chegar - diz Klauss Câmara, diretor da base cruzeirense.

O Corinthians, que aproveitou apenas quatro jogadores seus neste nacional, forma mais para outros clubes. É o caso do meia Éverton Ribeiro e do volante Nilton, ambos do Cruzeiro. O gerente de futebol Edu Gaspar foi formado no próprio Corinthians e subiu aos profissionais em 1999, junto com praticamente todos os seus companheiros de juniores (Gil, Fernando Baiano, Índio e Kléber, entre outros). Ele explica a situação atual.

- O aproveitamento da base depende de uma série de coisas. Da qualidade da geração, das necessidades do time de cima, do momento atual vivido pelo jogador. Mas olhamos para a base sempre. Um exemplo foi agora, quando vendemos o Romarinho e, antes de contratar, olhamos primeiro para o Malcom, que vive ótima fase.

ERRATA: a versão original da matéria "Santos é quem revela mais jogadores para a Série A em 2014; veja o ranking" dizia que os oito jogadores revelados pelo Criciúma atuaram pelo próprio clube. Na verdade, cinco jogaram pelo Criciúma, e três, por outros clubes.A tabela já corrigida pode ser vista aqui.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.