| Futebol

São Paulo e Fla empatam em 2 a 2 em noite de frustrações no Morumbi

Goleiro acerta uma cobrança de pênalti, erra outra e falha no gol marcado por Everton. Times empatam em 2 a 2 e decepção fica para os dois lados

  • decisivo

    Luís Fabiano

    Atacante acabou sendo o salvador da pátria do São Paulo ao fazer o gol do empate aos 45 minutos do segundo tempo. Seu time tinha um jogador a menos.

  • gangorra

    Rogério Ceni

    O jogador foi o principal personagem do confronto, ao fazer um gol de pênalti, perder uma cobrança e falhar no gol de Everton.

  • jejum

    100 rodadas

    O Flamengo completou essa sequência fora do G-4. O time está na 10ª colocação, com 31 pontos, distante dos primeiros colocados.

A vida de um ídolo não é fácil. Nos seus ombros, caem glórias e tragédias. A quarta-feira, desta vez, foi trágica para Rogério Ceni no Morumbi. Personagem principal do confronto entre São Paulo e Flamengo, o goleiro do clube paulista fez um gol em cobrança de pênalti, perdeu outra, defendida por Paulo Victor e ainda falhou no gol de Everton. Nas alternativas do jogo, o clube carioca ainda esteve à frente no placar, com um jogador a mais em campo, mas viu Luís Fabiano, outro nome consagrado tricolor, garantir o empate em 2 a 2, aos 45 minutos do segundo tempo.

saiba mais
  • Veja como o jogo lance a lance
  • Confira a classificação do Brasileiro

Com o resultado, o São Paulo ficou com 43 pontos e viu o Cruzeiro se distanciar ainda mais na liderança, com 52, e agora vai receber o Fluminense, sábado, no Morumbi. JJá o Flamengo soma 31 pontos, estaciona na 10ª posição e emplaca o terceiro empate seguido na competição e a 100ª rodada consecutiva fora do G-4..

Como se esperava, o jogo começou com domínio completo do São Paulo. O quarteto ofensivo do time procurou se encontrar em campo para criar as jogadas e quando Ganso teve espaço, tabelou com Pato, que sofreu pênalti ao ser derrubado por Márcio Araújo. A infração foi marcada pelo árbitro André Luiz de Freitas apenas com a intervenção do assistente adicional Elmo Alves Resende Cunha. Rogério Ceni cobrou e abriu o placar, aos 17 minutos.

Inicialmente, o Flamengo deu a impressão de que poderia se desequilibrar. No entanto, o técnico Vanderlei Luxemburgo decidiu investir nas costas do lateral-direito Auro, de apenas 18 anos. Deu resultado. Gabriel fez boa jogada em contra-ataque e chutou fraco, mas Rogério Ceni deu rebote e Everton empatou o jogo, aos 35. A virada poderia ter acontecido em mais dois lances pelo mesmo lado do campo em cruzamentos perigosos de João Paulo, mas o primeiro tempo acabou mesmo 1 a 1.

A volta do intervalo sequer deu tempo de os times entenderem o que acontecia em campo quando o árbitro marcou pênalti em um toque de mão de Samir, que aconteceu fora da área. Na cobrança, aos dois minutos, Rogério Ceni chutou e Paulo Victor defendeu no canto esquerdo. Na sequência da jogada, Everton quase marcou do meio do campo.

O São Paulo passou a não conseguir ter o completo domínio do jogo como havia acontecido no primeiro tempo, mas ainda teve suas chances, uma delas com Pato, que Cáceres salvou. O Flamengo, pelos pés de Everton, levou perigo algumas vezes no ataque. Foi em uma falta sobre ele que Michel Bastos foi expulso aos 28 minutos. A pressão valeu e a virada aconteceu aos 42, com um gol de Alecsandro. No entanto, mesmo com um jogador a menos, Luis Fabiano aproveitou a falha da defesa para fechar o placar em 2 a 2, aos 45.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.