O adversário desta tarde é marcante para a equipe tricolor. Afinal de contas, foi diante do próprio Rubro-Negro que Rogério Ceni fez sua última partida no comando são-paulino. Na ocasião, o Fla venceu por 2 a 0 e culminou na queda do treinador logo na sequência. De lá para cá, alguma coisa mudou, mas nem tanto assim.

Dos titulares na derrota do dia 2 de julho, apenas cinco jogadores foram mantidos por Dorival nos últimos jogos: Rodrigo Caio, Júnior Tavares, Petros, Cueva e Lucas Pratto. Os resultados, porém, são similares. No Brasileirão, o aproveitamento de Ceni foi de 33%, ao passo que com Dorival é de 45% até o momento. Pequena melhora, mas que ainda não garante ao torcedor que respire aliviado quando o assunto é cair para a Série B.