| Futebol

Segunda etapa das obras do Ninho do Urubu começa em julho

Nova estrutura será utilizada pelo Futebol Profissional em 2018

flameng - Segunda etapa das obras do Ninho do Urubu começa em julho
O Flamengo dará início, ainda no decorrer do mês de julho, à segunda etapa das obras do Centro de Treinamento Presidente George Helal, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Essa nova fase do projeto tem previsão de inauguração em novembro de 2018.
 
Os novos módulos serão ocupados por atletas e comissão técnica do Futebol Profissional, enquanto os módulos inaugurados em dezembro 2016, e hoje utilizados pelo time principal do Flamengo, passarão a ser usados pelo futebol de base.
 
- Desde que finalizamos as obras dos módulos do futebol profissional, em dezembro do ano passado, começamos a estudar e detalhar, de forma mais profunda, a 2ª etapa das obras, que a princípio seria voltada para as categorias de base. Estudamos e visitamos os melhores Centros de Treinamento, conversamos com todos os profissionais envolvidos, aprendemos com os erros e acertos da primeira fase, e chegamos à conclusão de que a estrutura atual atenderia de forma espetacular a base, sem nada parecido no Brasil, e de que poderíamos, no novo projeto, buscando a excelência, oferecer uma estrutura ainda melhor para o futebol profissional, fazendo algumas coisas a mais que não foram possíveis nessa primeira etapa -  afirma o vice-presidente de Patrimônio do clube, Alexandre Wrobel.
Em março deste ano, Wrobel, o Dr. Marcio Tannure, chefe do Departamento Médico do Flamengo, e o arquiteto Alexandre Feu visitaram algumas instalações esportivas na Europa, entre elas a do Manchester United, a da seleção inglesa e a do Chelsea, que é considerada a principal inspiração para o projeto rubro-negro.
 
As novas obras no Ninho do Urubu serão viabilizadas com recursos advindos da negociação envolvendo o Morro da Viúva, que ainda precisa ser validada pelos conselhos do clube
 
- Importante destacar que esse upgrade, esse salto de qualidade, só foi possível em função dos valores alcançados na negociação envolvendo o Morro da Viúva, transação essa que ainda deverá ser aprovada pelos Conselhos do Clube, na forma estatutariamente prevista. Não existe, em termos de categorias de base, nada parecido com a estrutura que será herdada. No final das contas, teremos o melhor dos dois mundos. Base e profissional! - explica Wrobel.

Fonte: http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/25661/segunda-etapa-das-obras-do-ninho-do-urubu-comeca-em-julho

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.